quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Comprometemos o apuramento para os oitavos da champions? Sim, não ou talvez? (Parte 2)

Há umas semanas atrás coloquei uma simples questão num título dum post após o empate no ultimo minuto com o Besiktas no Estádio da Luz.

A pergunta era simples e a situação exige que a volte a colocar:

- Comprometemos o apuramento para os oitavos da champions? Sim, não ou talvez?

Na primeira vez disse que talvez e hoje digo claramente que sim

Sim comprometemos o apuramento porque os danos psicológicos deste resultado ofuscam tudo o que de bom se fez na primeira hora do jogo.

Primeiro vamos assumir que todos nós temos culpa. 

Ao intervalo falei com o meu pai ao telefone e dizia-lhe que o Benfica nunca tinha ganho na Turquia e que o Besiktas nunca tinha perdido no seu novo estádio, o que fazia deste feito e desta vitória algo ainda mais importante. Mas que vitória? A vitória dos primeiros 45 minutos? Mas isso conta?

Ou seja nenhum dos benfiquistas foi humilde e pensou que podíamos sofrer três golos, logo somos todos culpados! 

E não o pensámos porque logicamente o Benfica estava a ser tão tão superior que isso não era uma possibilidade, mas no futebol tudo é possível. 

Não posso criticar os nossos jogadores por excesso de confiança quando eu e todos os benfiquistas também revelámos esse excesso de confiança antes de terminar o jogo. 

Não posso criticar o Rui Vitória porque quis dar minutos de pré época a Rafa quando estava a ganhar 3-0 em Istambul. Até fazia sentido, talvez...

Não posso criticar o Ederson porque nenhum dos golos é sua culpa e nem podemos criticar o árbitro porque os golos são todos legais. 

O que sobra então deste jogo?

A lição...

E que lição devemos tirar deste jogo? 

- Que devemos sempre respeitar o adversário e lutar até aos 90 minutos? Não, isso não é uma lição, isso é a base de todo o futebol.

O que temos que respeitar são os próprios misticismos do jogo.

Se o Benfica não ganhou nunca na Turquia porque iria ganhar hoje?

Se o Besiktas nunca perdeu no seu estádio porque haveria de perder hoje?

Se o Benfica nunca ganhou um Tetra porque o há-de ganhar este ano?

Esta é a pergunta que me preocupa neste dia.

Não quero saber absolutamente nada da champions e se perdermos contra o Nápoles em casa, o destino da Liga Europa é inteiramente justo, pelos resultados contra o Besiktas. Empatámos estes dois jogos por culpa própria.

O que me preocupa é o excesso de confiança que pode existir a caminho do Tetra, sabendo nós que nunca o Benfica fez esse desejado Tetra na sua vida. 

Em 38-39 o FCPorto evitou o Tetra do Benfica ganhando com 23 pontos, o Sporting com 22 e o Benfica com 21...

Em 65-66 o Sporting evitou o Tetra do Benfica ganhando o título com 42 pontos e o Benfica com 41...

Em 69-70, o Sporting evitou o Tetra do Benfica ganhando o título com 46 pontos e o Benfica com 38...

em 73-74, o Sporting evitou o Tetra do Benfica ganhando o título com 49 pontos e o Benfica com 47...

Em 77/78 o FCPorto evitou o Tetra do Benfica ganhando o título com os mesmos 51 pontos que o Benfica...

Esta é a sexta vez que o Benfica tenta um Tetra e em todas as outras cinco vezes o Benfica perdeu-o com diferenças muito próximas dos seus adversários e é isto que todos os membros da estrutura, do plantel e da direcção não se podem esquecer. Como os benfiquistas tambem não se deverão esquecer que nunca ganhámos um Tetra na nossa vida!

O Benfica tem de ser humilde, o Benfica tem de ser trabalhador e o Benfica tem de ser muito melhor que os outros para poder ser Tetra pela primeira vez. 

Esse é o nosso sonho e objectivo este ano e não nos podemos distrair desse objectivo nem um pouco. 

Sei que é difícil empatar 3-3 estando a ganhar 3-0 quando isso nos carimbava o acesso aos oitavos de final da champions, mas o que me preocupa não é o dinheiro da prova milionária ou o prestígio de ser apurado uma semana antes do final do grupo. 

O que me preocupa é como a equipa vai jogar na Madeira a 2 de Dezembro e com o Sporting a 11 de Dezembro antes e depois do jogo com o Nápoles a 6 de Dezembro. 

Isso sim é o que me preocupa. 

Como este empate vai afectar o moral das tropas não para o jogo contra o Napoles mas já para o jogo contra o Moreirense este domingo. 

Hoje temos todos os analistas a tentarem culpabilizar Lindelof - soubemos hoje que o central cabeceia de olhos fechados e assim corre riscos sérios de fazer mais penaltis - ou a tentarem encontrar uma explicação que não adianta dar. 

Que me importa saber se o Ederson quase apanhava o golo do Quaresma ou se a bola tivesse batido no poste e saído - em vez de ter entrado - hoje tínhamos ganho?

O que me importa é saber que atitude vão ter os jogadores nos próximos 24 jogos para o campeonato.

Nas ultimas cinco vezes que tentámos ser Tetra aconteceu sempre algo que não nos deixou ganhar esse importante quarto título seguido e este ano esse título tem se ser conquistado. 

Em relação á champions não há muito a dizer...

O Besiktas vai ser apurado porque é uma equipa destinada a ir aos oitavos, como se provou com o golo que veio do céu do Talisca em Lisboa, com os 3 golos em 30 minutos hoje e com o resultado absolutamente surpresa do empate do Dínamo de Kiev em Nápoles duas horas depois do descalabro final em Istambul.

Penso mesmo que o Besiktas vai ganhar a Kiev e carimbar o acesso aos oitavos da champions sem depender de nada nem de ninguem e se o fizer é seguramente o mais justo de todos porque fará 6 jogos sem nenhuma derrota. 

O Benfica e Nápoles, grandes favoritos a passar o grupo vão lutar para evitar a queda para a Liga Europa, sabendo que só serão apurados os dois se o Dinamo de Kiev ganhar ao Besiktas.

Por mais que me custe não ir aos oitavos da champions, o jogo importante destas primeiras duas semanas de Dezembro não é com o Napoles, mas sim os dois jogos antes e depois contra o Maritimo na Madeira e contra o Sporting para a liga do possível Tetra.

Se uma grande conclusão se pode tirar do jogo de hoje é que não se brinca com os "misticismos" no futebol e se o Benfica nunca ganhou na Turquia, se o Besiktas nunca perdeu no seu estádio, porque o Benfica irá ganhar um tetra que sempre nos fugiu?

- Porque a vida não é feita de misticismos - mesmo no futebol - e o nosso destino somos nós que o definimos, com humildade, com trabalho e com respeito por todos os adversários, mesmo que os indicadores sejam todos desfavoráveis. 

Se os nossos jogadores hoje tivessem sido mais humildes e mais trabalhadores, nunca se perderiam 2 pontos e muitos milhões importantes, mas ainda estão a tempo de se redimir, ganhando em Maio o Tetra que todos sonhamos. 

Foco no Tetra!

É para isso que todos os dias trabalham - Ganhar o Tetra!

E sim comprometemos bastante o apuramento para os oitavos da champions, mas que importa isso, quando comparado com a conquista de quatro campeonatos seguidos?

Zero!

Força Benfica




sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Importante? Ganhar domingo!

Este domingo joga-se a primeira grande final de Jorge Jesus no Sporting e por incrível que possa parecer, não é jogada por si ou pela sua equipa.

A primeira grande final do Sporting versão 2016-2017 joga-se no Dragão pelo FCPorto vs Benfica.

Todos os sportinguistas inteligentes sabem que só uma vitoria do FCPorto pode dar ao seu clube um novo alento no que falta jogar até ao derby na luz entre Benfica e Sporting no dia 11 de Dezembro, mas todos os adeptos portistas sabem exactamente o mesmo - só uma vitoria pode colocar o FCPorto novamente na rota do título.

Esta final a jogar no Dragão tem muito mais em jogo que 3 pontos e todos sabemos isso mesmo. Sabemos nós, sabem os portistas, os sportinguistas e os árbitros que já começam a ser pressionados á descarada.

O jornal "O Jogo" fez saber na sua capa de segunda-feira que o FCPorto foi prejudicado em 8 penaltis desde Janeiro - pela primeira vez vejo contarem os erros arbitrais desde a época passada - mas também referem que desses 8 penalties, 3 foram "roubados" ao FCPorto já nesta época.

Eu não acredito em campeões em Novembro, em Dezembro ou até em Abril.

Para mim e para Rui Vitoria os campeões só aparecem em Maio e é em Maio que todos sonhamos ter conquistado o Tetra.

Nós sabemos bem o que é estar a 7 pontos do primeiro lugar e também sabemos o que significa para uma equipa recuperar desses 7 pontos de desvantagem.

A ultima vez que uma equipa recuperou 7 pontos de desvantagem num campeonato nacional, teve um "boost" de moral tão grande que não perdeu mais jogo nenhum nos nove que faltavam para o final da liga.

E é isso que pode acontecer a qualquer equipa de qualquer campeonato mundial que recupere de 7 pontos de desvantagem para o primeiro - pode mesmo tornar se campeã.

No entanto para que isso aconteça não é só a equipa perseguidora que tem de ganhar muitos jogos, mas a equipa líder que tem de perder 7 ou 8 pontos e neste caso, não entendo porque razão é que a imprensa e alguns benfiquistas estão tão preocupados apenas com o Sporting!

Estão tão preocupados com o Sporting que se esquecem que é o FCPorto que está em segundo a 5 pontos e que o SCBraga esta também em segundo com os mesmos 5 pontos atrás do Benfica.

Mais, não entendo como alguns benfiquistas torcem pelo SCBraga contra o Belenenses para o Braga ultrapassar o Sporting sabendo que o ideal é que Braga, Sporting, Porto e Guimarães percam o maior número de pontos, quebrem psicologicamente, quebrem fisicamente, quebrem em todas as áreas do jogo e para isso acontecer o Benfica tem de ganhar no Dragão este domingo.

Eu sei que as contas aconselham a ser calculista, as contas mostram me que um empate serve, mas para mim não serve...

Um empate no Dragão coloca o Braga a 3 pontos do Benfica, o Sporting e Porto a 5 pontos do Benfica.

Uma vitoria colocará o Porto a 8 pontos, o Sporting a 7 e o Braga a 5 pontos.

O segundo classificado se o Benfica ganhar no Porto estará a 5 pontos e em caso de fatídica derrota no Dragão, o Benfica vê o Braga e Porto  aproximarem-se para os 2 pontos enquanto o Sporting recupera numa semana 3 pontos, ficando "apenas" com 4 pontos de atraso.

Tudo isto para dizer que realmente só a vitoria pode interessar ao Benfica no Dragão e de preferência que Braga e Sporting possam milagrosamente perder pontos neste fim de semana, visto que vão jogar depois de jogos europeus na quarta e quinta-feira.

Também se tem falado muito na performance de Rui Vitoria no comando técnico do Benfica.

Eu próprio já tinha falado num outro post em "fazer história" em Belém com a décima sexta vitoria seguida fora de portas e alguém lembrou esta semana que nos últimos 30 jogos, apenas empatamos contra o Setúbal e perdemos contra o Porto. Sim tudo isto são factos positivos! Muito positivos!

Pois há outra estatística muito importante - e todas valem o que valem - que nos lembra que Rui Vitoria nem um ponto fez contra o FCPorto de Lopetegui ou de Peseiro, perdendo os dois jogos no Dragão e no Estádio da Luz na ultima época!

Esta estatística infelizmente conta muito e não se pode apagar do ADN de Rui Vitoria ou deste Benfica renascido, depois de Jorge Jesus.

Nós não ganhamos ao FCPorto desde o tempo de Jorge Jesus e este é o ultimo "link" que temos com esse treinador.

Este jogo não e só mais um jogo, mas será a maneira de impormos a tal homogeneidade que se fala á boca pequena.

Se o Benfica quer realmente mostrar que estes três campeonatos significam algo importante, temos de chegar ao Dragão e ganhar!

Toda esta semana serviu para voltarmos a ter a cartilha antiga do FCPorto a funcionar... Total pressão sobre os árbitros, claques a ameaçar fazer distúrbios junto do hotel do Benfica e se Pinto da Costa se lembrar ainda metem éter no balneário e os jogadores vestem-se no corredor.

Vamos estar sob fogo de todo lado este fim de semana e a calma que Rui Vitoria tem mostrado nos últimos 15 meses é o único antídoto das campanhas vergonhosas que vão aparecer de todos lados.

Para piorar as coisas e depois de termos Jonas e Rafa lesionados, Raul a tentar recuperar ritmo, eis que apareceu esta irritante lesão de Fejsa, que fez soar o alarme no meio campo do Benfica!

A verdade é que ao contrario de outros, o Benfica não tem um treinador que chora quem foi - Gaitan e Renato Sanches - nem os mais de 10 lesionados que já tivemos neste primeiro quarto de campeonato!

Vamos com tudo para cima do FCPorto e fazer deste jogo, a mostra definitiva que afinal a homogeneidade encarnada pode realmente querer instalar-se no futebol português!

Para terminar apenas dizer que acho deplorável que algum blog, site, jornal, post de Facebook ou comentários cibernéticos usem o alegado caso de separação de Bruno de Carvalho como arma de gozo ou arremesso contra o presidente do Sporting! E quem leu o meu ultimo post sabe que não morro de amores pelo senhor, mas há mínimos que nunca devemos descer e nunca devemos misturar a esfera privada da vida pessoal com o dominio público do senhor como presidente do Sporting!

Importante? Ganhar domingo!


Força Benfica