sábado, 10 de dezembro de 2016

Como o nosso calendário nos ajudará numa segunda pré-época e como Jorge Jesus ganha sempre, mesmo empatando ou perdendo!

Quando Jorge Jesus acaba a sua conferencia de imprensa na sua mais humilhante derrota europeia da época, faz questão de dizer que a sua equipa vai estar dois dias sem treinar e que só chegam a Lisboa pelas 7am de quinta feira...

Acho inadmissível que nenhuma imprensa tenha realmente estado no aeroporto a ver a que horas chegava a comitiva leonina porque sabendo eu que uma viagem Varsóvia a Lisboa demora 4 horas e estando uma hora mais na Polónia, para a equipa do Sporting chegar ás 7am teria de sair de Varsóvia ás 4am locais. 

Ou seja se o jogo acaba as 1030pm, como é possível a equipa do Sporting entrar no avião ás 4am? 

Só na cabeça de Jorge Jesus. 

Por muito menos, quando jogámos em Istambul pelas 530pm - hora em Portugal - o Benfica decidiu dormir na Turquia e viajar no dia seguinte onde ninguém perdeu nenhuma noite. E digo por muito menos, porque recebemos o Moreirense ás 6pm do domingo seguinte e não o Sporting.

Mas também não entendo como a sua equipa vai estar dois dias sem treinar...

Então chegando as 7am de quinta-feira os seus jogadores podem treinar na sexta feira pela tarde... Pelas minhas contas só ficam sem treinar um dia, como o Benfica ficou sem treinar no dia seguinte ao jogo contra o Nápoles. 

Tudo isto faz parte da estratégia do troca-tintas Jorge Jesus quando está em pressão, que é baixar as expectativas para o seu lado

Campbell está em duvida, Adrien e Gelson - os dois mais importantes jogadores do Sporting - vieram com febre e sei lá mais o quê vai o mestre da táctica inventar para baixar a expectativa e fazer com que perdendo ou ganhando, ele sempre ganha

O Sporting joga amanhã na Luz, na quarta feira vai a Setubal "rodar" pois o adversário é amigo e no domingo recebe o Sporting de Braga mais fraco de toda a época. 

Aparentemente é uma semana complicada mas Jorge Jesus fará deste cabo das tormentas algo que nunca o beliscará minimamente como conseguiu fazer desta eliminação vergonhosa aos pés do Legia de Varsóvia. 

Eu que escrevi que o Sporting tinha 99% de hipóteses de empatar ou ganhar na Polónia, fiquei envergonhado e não sou do Sporting, mas parece que nenhum sportinguista ou nenhum jornalista questionou de forma clara o mestre da táctica sobre a terrível performance deste Sporting na champions. 

E quando o Sporting disse que queria ganhar a Liga Europa tinha objectivos claros para essa disputa. 

Cada jogo que o Sporting conseguisse ganhar ou empatar no tal rumo á final da Liga Europa eram pontos que lhe permitiriam subir na classificação da UEFA e tentar no próximo ano ter um grupo de champions mais fácil, por força da subida de pote com os pontos amealhados nessa Liga Europa. 

Não é á toa que o Benfica foi subindo a sua classificação europeia com Jorge Jesus, muito por conta de boas performances na Liga Europa que contam os mesmos pontos para efeitos de classificação UEFA.

Com esta derrota na champions e com os míseros 3 pontos conquistados neste ano, o Sporting arrisca-se a ter o pote 3 em perigo nos próximos anos, mas parece que para Jorge Jesus e para quem lhe paga os seus 8 milhões de euros anuais isso não tem a menor importância, como não tem a menor importância falhar o apuramento para a champions o ano passado, ou como não tem importância falhar redondamente a Liga Europa o ano passado - lembro que nos 6 jogos do grupo da Liga Europa o Sporting ganhou 3, empatou 1 e perdeu 2, passando em segundo lugar com 10 pontos atrás do Lokomotiv de Moscovo. 

Mas pior aconteceu nos 16 avos da competição onde perdeu os dois jogos contra Bayer Leverkusen. 

A verdade é que o Sporting europeu de Jorge Jesus tem 14 jogos com 4 vitórias, 9 derrotas e 1 empate, para não falar da eliminação da pré eliminatória contra o CSKA Moscovo. 

Isto tudo somado dará 13 pontos em duas épocas com Liga Europa e Liga dos Campeões e assim será difícil subir na classificação europeia ao ponto de evitar os tubarões como Real Madrid e Dortmund...

Mas o que interessa é o jogo mais importante do ano que é ganhar ao Benfica.

Para mim que sou bom analista, não me faz confusão o Sporting vir ganhar a este Benfica. 

O Benfica a 11 de Dezembro é um Benfica em fim de ciclo e todos os resultados serão possíveis. 

Na minha modesta opinião, Rui Vitória com o actual panorama aterrorizador de lesionados resolveu apostar numa equipa base que tem em Ederson, Nelson Semedo, Luisao, Lindelof, Andre Almeida, Fejsa, Pizzi, Cervi, Salvio, Guedes e Mitroglou ou seus onze guerreiros ao longo das ultimas semanas.

Estes onze guerreiros estão no limite físico e psicológico, especialmente pelos últimos resultados - empate na Turquia, derrota com Marítimo e derrota com Nápoles - e este será o ultimo jogo destes onze guerreiros nestas condições. 

A partir de quarta feira com o jogo contra o Real Massamá tudo será diferente e entraremos finalmente numa pré época de dois meses para Jonas, para Rafa, para Jardel, para Eliseu, para Grimaldo, para Lisandro, para Danilo, para Zivcovic, para Samaris e a continuação da pré época para Carrillo que o facto de estar um ano parado teve efeitos desastrosos na sua performance nos primeiros meses da nova época.  

O nosso calendário nos próximos dois meses é:

Real Massamá - Benfica - 14 de Dezembro (Taça de Portugal no Estádio do Restelo)

Estoril - Benfica - 18 de Dezembro 

Benfica - Rio Ave - 21 de Dezembro 

Benfica - Paços de Ferreira - 29 de Dezembro (Taça da Liga)

Benfica - Vizela - 3 de Janeiro (Taça da Liga)

Guimarães - Benfica - 8 de Janeiro 

Guimarães - Benfica - 11 de Janeiro (Taça da Liga)

Benfica Boavista - 15 de Janeiro 

Benfica - Tondela - 22 de Janeiro 

Setúbal Benfica - 28 de Janeiro 

Benfica Nacional - 5 de Fevereiro

Benfica Arouca - 12 de Fevereiro

Se repararmos neste calendário, o Benfica joga sete jogos no Estádio da Luz, joga três jogos em Lisboa ou arredores (Restelo, Estoril e Setúbal) e apenas dois jogos fora da grande Lisboa em Guimarães. 

Para mim este é o cenário claro para recuperar todos os jogadores, dar descanso a quem mais precisa e fazer uma segunda pré época que permita ao Benfica ter todos os jogadores disponíveis e com ritmo para o que falta de Taça de Portugal, campeonato e champions. 

Ora este jogo de amanhã por mais que se diga que é um Benfica vs Sporting e tudo pode acontecer, todos sabemos que a nossa equipa está num momento fraco, o pior da época até este momento e no tal fim de ciclo que eu falei antes.

Nós estamos no limite absoluto de cada um destes onze jogadores que mais têm jogado nos ultimos jogos e não há alternativas com ritmo. 

Aliás eu falo de ritmo, mas podemos até falar de alternativas sem ritmo também... Se Nelson Semedo ou André Almeida se lesionam durante o jogo não temos ninguém no banco amanhã, nem para os próximos jogos. 

Isto diz muito de como está o nosso plantel e se um inventa desculpas com gripes e com voos que chegam as 7am em vez de inventar justificações para duas épocas europeias miseráveis com o maior investimento dos últimos anos, outro está caladinho a resolver o que tem que resolver com limitações incríveis que só nós benfiquistas vimos

Mais ninguém vê estas limitações, mais ninguém analisa estes dados e mais ninguém valoriza o trabalho, mas também não precisamos que essa gente valorize. 

Nós é que temos de ver o que se está a passar no Benfica hoje e se não gostamos do que vimos, no minimo somos capazes de entender as limitações e contrariedades que mais ninguem tem em Portugal e talvez na Europa.  

Fala-se do Luisão mas Rui Vitória acha que hoje Luisão é melhor que Lisandro e para marcar Bas Dost talvez seja melhor opçao mesmo. Fala-se do Pizzi no meio, mas se calhar hoje sem Horta é melhor que Samaris. Fala-se de Cervi e Salvio, mas hoje são melhores que Rafa, Zivcovic ou Carrillo.

É apenas aqui, na humildade e na certeza do valor de grupo unido, que eu acho que o Benfica pode levar alguma vantagem. 

E quando falo no grupo unido falo no valor dos que poderão entrar do banco se não tivermos nenhuma lesão no jogo. 

Esses que entrarem - Rafa, Raul, Samaris, ou Jonas - podem ser determinantes como deveria ser determinante o factor casa. 

E eu digo deveria, porque vejo muitos benfiquistas com pouca paciência para tudo e para nada.

Quando se perde, todos ficam irritadiços e se o jogo começa a correr mal amanhã, nao sei se os 60 000 benfiquistas ajudarão a equipa mas deveriam e temos que apoiar porque neste momento, com 90 minutos para jogar é como se tivéssemos num premio montanha numa etapa importante da volta a Portugal ou volta a França. 

Os nossos jogadores precisam dum apoio extra amanhã porque eles têm-nos dado tanto nos ultimos meses que nós estamos obrigados a dar-lhes esse apoio para irem buscar forças onde já não têm

Depois da montanha de amanhã, teremos dois meses com menos montanha pela frente, mas até chegarmos ao fim dos 90 minutos com o Sporting a equipa precisa de apoio total que espero que seja dado a 100%.

De resto é o mesmo de sempre, perdendo, ganhando ou empatando estamos bem e na luta e a verdade é que para o nosso adversário e para o FCPorto tambem é o mesmo. 

Nada se resolve amanhã, a nao ser que o Sporting ganhe e assim serão já campeões em Dezembro pela vitória no seu campeonato privado de ganhar ao Benfica.

Se perderem, o Sporting não é ainda campeão, mas o seu treinador não terá culpa de nada. 

Um clássico!

Para terminar, dizer que neste campeonato da comunicação televisiva que entrou em vigor nos ultimos anos onde Joao Gobern, Rui Gomes da Silva, Joao Alves, Pedro Guerra, Calado ou André Ventura representam o Benfica, eu tenho de dizer que não me representam a mim. 

Li hoje nos jornais que um desses comentadores, disse que ia tatuar uma imagem do Sporting se o Sporting ganhasse no Estadio da Luz e que isso obviamente nao iria acontecer.

Eu, que tinha boa imagem dessa pessoa das três ou quatro vezes que o vi na TV por 2 ou 3 minutos - e por boa imagem tenha-se apenas isso em consideração, uma imagem nova, de alguem aparentemente educado, inteligente e sem nada de muito aprofundado - fiquei transtornado com a mensagem que está nos media hoje. 

André Ventura vai tatuar uma imagem do sporting no corpo se o Benfica perder?

Mas isto é um freak show? Mas isto é uma feira de vaidades? No que se está a transformar esta palhaçada de pessoas e programas?

Nao tenho nada contra o Andre e tenho-o em boa estima e consideração, mas isto nunca se faz porque no respeito pelos adversários, começam sempre as nossas vitórias. 

Sempre!

Força Benfica


7 comentários:

José Ramalhete disse...

Vejo tanta gente queixar-se das baixas na equipa mas ninguém questiona das possíveis razões, para que o problema pudesse ser solucionado definitivamente.

Frank disse...

Muito bom texto estou plenamente de acordo eu tambem vejo as coisas nesse prisma,quanto ao Andre Ventura se tatuar com o emblema do sporting no seu corpo se.. o Benfica perder mas eu alguma vez sendo um apaixonadissimo pelo glorioso queria um emblema do sporting no meu corpo das duas uma ou ele enlouqueceu ou entao tem a certeza que o Benfica ganha amanha,vou ser grosseiro nunca queria semelhante porcaria tatuada no meu corpo.

NauBenfica disse...

Uma boa análise, no meu entendimento. Os benfiquistas que vão estar no estádio só têm que apoiar, desde o início, a nossa equipa, mesmo que, hipoteticamente, o desenrolar do encontro não nos seja favorável. E irão fazê-lo, estou convencido. Também acho que vamos ganhar e deixar o cagão e os nalgueirudos novamente a 5 pontos.

Anónimo disse...

na peida!

Fura-Redes disse...

Bom dia,

Gostava de propor uma parceria entre os nossos 2 blogs com troca de links.
O meu é http://ofuraredes.blogspot.pt/
Escrevo sobre o Benfica e futebol internacional.

Abraço
Tiago Wemans

O Benfica Sou Eu disse...

Allo Tiago,

Esta feito. Sigo o Fura Redes com atenção mas infelzimente nem tenho tido tempo para actualizar aqui a lista da vizinhança.

Feito!

Força Benfica

Fura-Redes disse...

Obrigado! Viva o glorioso SLB!