segunda-feira, 2 de outubro de 2017

"Com esta estrutura, qualquer treinador é campeão no Benfica!"

Escrevi ontem que o jogo na Madeira era o Dia D do nosso campeonato. 

Comparei-o inclusivamente a um célebre jogo a 30 de Novembro de 2015 que o Benfica tinha de ganhar sob pena de ficar fora de qualquer luta pelo título do tri em Braga e que soubemos ganhar por 0-2. 

Mas não era só o Dia D porque necessitávamos muito daqueles 3 pontos, mas porque dois dias antes estive numa assembleia geral onde se criticou como nunca tinha visto antes, muitos dos Tetra campeões, pelo nome

Isto é muito importante que se diga. 

Independentemente das criticas a Luís Filipe Vieira, á direcção, ao aburguesamento de toda a estrutura e ás contratações falhadas o que mais me impressionou foi mesmo a forma como os nossos consócios rebentaram com muitos dos que nos deram o Tetra campeonato em Maio, a Taça de Portugal também em Maio e a Super Taça em Agosto. 

A Super Taça foi ganha há menos de dois meses !!!

Então o jogo do Marítimo depois de termos levado 5 do Basel, depois de terem sido arrasados (pelo nome) grande parte dos nossos titulares, teria mesmo de ser um Antes e Depois

E foi realmente um Antes e Depois...

Um Antes do golo de Jonas e um Depois do golo de Jonas, como tinha sido um Antes e Depois do golo de Jonas no Bessa, um Antes e Depois do golo do Seferovic contra o CSKA ou um Antes e Depois do golo de Raul contra o Braga na Taça da Liga. 

O Benfica deixa de jogar quando marca pensando que o jogo acaba ali. 

Só que ontem o golo foi aos 2 minutos e o Benfica tinha OBRIGAÇÃO de fazer a melhor exibição do ano, ou comparável com a primeira parte do Paços de Ferreira uma semana antes. 

O que se viu ontem foi uma das muitas "piores exibições do Benfica esta época" e ninguém daquela gente que esteve nos Barreiros tem Amor Próprio ou Vergonha depois do que fizeram em Basel e depois de saberem o que se disse deles na Assembleia Geral do Benfica. 

Ontem para mim foi um ponto final no carácter desta gente. 

Eu sei que esta gente são só os melhores jogadores do mundo para todos nós, mas não estes...

Estes ontem demonstraram que estão literalmente a brincar com a tropa

Eu sou uma pessoa calma e de análise ponderada, mas não admito aquela atitude e pergunto aqui no blog o que perguntei a vários amigos no final do jogo:

Acham mesmo que se o Raul ou Salvio tivessem marcado um golo no ultimo minuto, esta equipa poderia ser campeã nacional depois do que (não) fez nos Barreiros?

O Benfica está morto e precisa de ressuscitar. 

Não serei eu que o vai ressuscitar, nem fui eu que contribuiu para a sua morte mas sabendo que o FCPorto já foi a Vila do Conde, Braga e Alvalade, tem 5 pontos de avanço e uma estabilidade física, exibicional e emocional impressionantes não sei onde o Benfica pode ressuscitar para o Penta. 

Ontem era o dia de ressuscitar, espantar velhos fantasmas e partir da Madeira para um campeonato forte onde a matemática tivesse a nosso favor. 

Assim, a 5 pontos do primeiro, a 3 pontos do segundo - depois de terem jogado entre si - e com Marítimo e Braga atrás de nós só nos resta mesmo defender o terceiro lugar e lutar por uma Taça que por milagre e sorte no sorteio pode aparecer. 

Não vale a pena termos ilusões. 

Este plantel ontem deu nos um sinal claro que não tem emoção, nem Amor ao Benfica. 

Depois de perder 5-0 em Basel, ter visto aquela assembleia assassina-los pelos nomes, saber que FCPorto e Sporting empataram, estar a ganhar 1-0 nos Barreiros aos 2 minutos e sabendo que o Marítimo tinha 5 baixas - umas mais importantes que outras - o Benfica tinha de morrer em campo para mostrar ao que vinha...

Tínhamos de morrer em campo, mostrando o mesmo futebol que mostrámos uma semana antes contra o Paços de Ferreira. 

Não havia outra opção.  

Tínhamos que jogar a nossa única final que interessava este ano, com alma, com paixão e com espírito de campeão

E não foi isso que aconteceu e eu não culpo o treinador pelo que aconteceu ontem. 

Culpo o treinador pelo momento péssimo da equipa, pelo futebol praticado desde o dia 27 de Agosto em Vila do Conde até a este fatídico dia 1 de Outubro e pelas ideias que incutiu nesta equipa que são muito próximas do Zero.

No entanto, quando Rui Vitória decide entrar com a equipa que se descarrilou em Basel na segunda parte - a mesma equipa -  e com a mesma equipa que foi morta na assembleia geral com nomes próprios, tinha como objectivo que os jogadores mostrassem do que são feitos e mostrassem que iam morrer em campo para dar uma nova imagem de si mesmos

O que os nossos jogadores fizeram foi o oposto... Eles pensaram:

"Quanto mais depressa tivermos fora de todas as competições, mais depressa podemos descansar e passar um ano sabático fora de toda a pressão desta competição feroz..."

Foi isto que eu vi na Madeira. 

Uma equipa e uns jogadores que por sua vontade perderiam sempre, iam agradecer aos adeptos no final - agora que estão obrigados a fazê-lo por ordem presidencial depois da falta de respeito no Bessa  - e voltariam a suas casas descansados porque durante a semana todos os benfiquistas, media, comentadores, bloggers e anónimos vão criticar e arrasar a estrutura, o presidente, o treinador e eles coitadinhos são apenas vítimas de tudo isto porque veja-se só, venderam todos os bons jogadores e não contrataram ninguém para "nos ajudar a sermos Penta"

Isto não está certo minha gente. 

Temos que responsabilizar a atitude de todos os jogadores. 

Temos de responsabilizar o plantel e mostrar que se o Rui Vitória conseguiu matar tudo num mês, se a direcção resolveu abdicar de investir no plantel, se a a estrutura se aburguesou, o Rio Ave, Portimonense, CSKA, Boavista, Braga, Basel e Marítimo são equipas muito inferiores a este Benfica, com este plantel.

Eu estou a escrever isto há semanas. 

Temos de mostrar a todos estes jogadores que eles não perderam contra Porto, Sporting, Manchester, Barcelona, Real Madrid e PSG. 

Eles pensam que sim...

Eles pensam que estão a jogar contra as maiores potências mundiais, mas as equipas que eles perderam são infinitamente inferiores ao Benfica.

O Benfica neste momento tem de golear Portimonense e Setúbal para poder ir á final four da Taça da Liga em Braga porque o SCBraga vai querer ganhar a estas equipas para poder lutar por este título no seu estádio. 

O Benfica neste momento tem de ganhar 3 jogos dos 4 que falta realizar para poder ir aos oitavos da champions e mesmo assim tem de esperar que Manchester ganhe os outros jogos. 

O Benfica neste momento tem de fazer 4 pontos contra Sporting e 6 pontos contra o FCPorto para poder sonhar ser campeão, sendo óbvio que iremos perder muitos mais pontos contra equipas mais fracas. 

O Benfica vai jogar contra o Olhanense no dia 14 de Outubro com o coração nas mãos, porque temos de ganhar para passar á próxima fase da Taça de Portugal que é neste momento o nosso objectivo mais possível...

É neste cenário que estamos a 2 de Outubro !!!!

Não é a a 2 de Dezembro mas sim a 2 de Outubro !!!!

Eu disse esta semana que o nosso calendário é o nosso melhor amigo e que esta paragem poderia ter um efeito de pré-época mas passar duas semanas com estes últimos resultados e exibições vai ser penoso e não fará efeito psicológico positivo.

Seria completamente diferente estar a 1 ponto de Sporting e a 3 pontos de FCPorto. 

Temos que assumir que estas ultimas cinco semanas mataram o Benfica desta época, abriram brechas e divisões difíceis de sarar e que para sermos Penta temos de ir buscar futebol, energia, força, coragem e muitos pontos onde o Benfica não tem sequer carácter para assustar...

Culpo os jogadores pela exibição de ontem. 

Culpo Rui Vitória pela falta de ideia colectiva para este Benfica.

Culpo o aburguesamento da estrutura 

Culpo Luís Filipe Vieira porque viu tudo isto á sua frente durante as ultimas semanas e só falou na assembleia para dizer que foi Rui Vitória que escolheu o plantel...

Há uma frase que ninguém falou nos media e que eu ouvi na assembleia a muitos poucos metros de quem a proferiu...

Um sócio foi falar na assembleia e exaltado disse na cara de Luís Filipe Vieira que o tinha avisado do descalabro que iria acontecer se não contratássemos jogadores...

Disse ele que Luís Filipe Vieira lhe telefonou em Junho e lhe disse:

"Com esta estrutura qualquer treinador é campeão no Benfica."

Eu não sei se é verdade ou mentira, mas o sócio que o disse estava a um metro de Luís Filipe Vieira e não tenho razões para desconfiar da sua veracidade...

Esta frase descreve tão bem tudo o que se passou nestes últimos meses e antecipa o que se irá passar nos próximos.

Rui Vitória acabará despedido em Junho e a estrutura culpará as opções de Rui Vitória, de tudo o que de mal nos acontecer. 

Enquanto isso os jogadores, "coitadinhos" estão de férias em Outubro, a rirem na cara de todos nós com um Tetra no bolso que é deles, mas que não justifica tudo

Parabéns pelo Tetra mas há muita vida e muitos títulos para conquistar para lá do Tetra, mas não será com este jogadores que jogaram em Basel e nos Barreiros... 

Para terminar dizer que as contas foram aprovadas e foram bem justificadas, mas na próxima época sem bilhética, sem receitas adicionais de vendas e com uma equipa desvalorizada voltaremos a ter problemas. 

Na próxima época, estando fora da champions e com um plantel altamente desvalorizado temo que tenhamos assistido ao fim duma era de vacas gordas. 

O investimento em betão no Seixal, na escola para os nossos atletas e o centro de estágio para as modalidades em Carnaxide são investimentos de 30 milhões de euros e são boas ideias. 

O problema é que o dinheiro para esses investimentos vem dum único lugar - do futebol, dos resultados do futebol, dos bilhetes do futebol, das vendas milionárias do futebol e dos patrocinadores do futebol. 

Muita atenção ao que se está a passar no futebol do Benfica porque o nosso futuro imediato - também a nível financeiro - depende do que estes meninos quiserem (ou não) fazer!

Força Benfica




domingo, 1 de outubro de 2017

Dia D

No dia 30 de Novembro de 2015 escrevi um texto nas vésperas do Benfica se deslocar a Braga e considerei esse o jogo do ano. 

Hoje acho que o jogo do Benfica na Madeira tem este mesmo efeito no campeonato com a diferença que esse jogo colocaria o Benfica a 8 pontos do Sporting em Dezembro - com uma vitória em Braga mas já indo ao Dragão e depois de ter perdido em casa contra o Sporting - e este jogo hoje colocará o Benfica a 5 ou 3 pontos do primeiro classificado. 

Li o texto agora mesmo e acho que as palavras copiadas do original fazem o mesmo sentido. 

Hoje é Obrigatório ganhar e temos que deixar de focar na estrutura, no treinador, na direcção, na equipa média e no Presidente e esperar que sejam os jogadores a ganhar o jogo. 

Não precisamos de Ederson, Semedo, Lindelof, Mitroglou ou dum qualquer Garay para ganhar a Rio Ave, Boavista, CSKA. Basel, Braga e não conseguimos ganhar nenhum desses jogos. 

Não precisamos desses mesmos jogadores para ganhar hoje na Madeira. 

Precisamos que os jogadores do Benfica decidam jogar e correr durante todos os 90 minutos.

O texto de 30 de Novembro de 2015 está copiado e faz o mesmo sentido hoje! As mesmas duvidas, as mesmas criticas ao plantel, o mesmo fio de jogo que era zero... Tudo esta igual e esperamos que uma vitória hoje tenha o efeito que todos queremos :

"Tenho lido e ouvido milhares de pessoas a opinar sobre a crise do Benfica e todos cometem o mesmo erro - dissociar a opinião da realidade.

Ou seja, dizer que a culpa é de Luís Filipe Vieira, da estrutura ou de Rui Vitoria e pedir a cabeça de todos é ridículo.

Vamos ser sérios...

Luís Filipe Vieira vai ser presidente do Benfica até Outubro de 2016.

Com esta premissa, é fácil de antecipar que Rui Vitoria, depois de ter ajudado a colocar o Benfica nos oitavos da champions a uma jornada do fim e ter ganho para o clube 23 milhões de euros nessa prova milionária tem crédito para ser nosso treinador até Junho de 2016, no mínimo...

Qualquer outra realidade que não seja ter este presidente, esta estrutura este treinador até Junho de 2016 é irreal independentemente dos resultados.

Em relação á eliminação da Taça de Portugal, é algo que custa sempre, mas estamos habituados.

O ano passado fomos eliminados em casa contra Braga ainda em Dezembro e este ano perdemos nos últimos minutos do prolongamento em Alvalade.

Tudo normal...

Voltando ao nosso treinador, pediram-lhe que apostasse na juventude e neste momento temos Nelson Semedo, Gonçalo Guedes e Renato Sanches como apostas efectivas do treinador, cumprindo o que lhe pediram.

Para a liga, se retirarmos a derrota em casa contra Sporting e a derrota contra Arouca, somos obrigados a concluir que perder nos últimos minutos no Dragão também é um resultado normal.

Sabendo que o plantel é desequilibrado desde o dia 31 de Agosto, então está aí a resposta para a má época do Benfica.

Em Agosto falava-se que Djuricic não seria aposta do treinador e que ficaria a treinar apenas até Dezembro. O tempo está a confirmar que Rui Vitoria não conta com ele.

Em Agosto dizia-se que Taarabt - contratado antes de Rui Vitoria - não seria aposta do treinador nos primeiros tempos e confirma se.

Em Agosto dizia-se que Cristante não tinha convencido o treinador e confirma-se.

Em Agosto dizia-se que Bilal era um craque e pelos vistos o rapaz gosta é de hambúrguer, altas velocidades, noite e ainda é mal educado a julgar pelos relatos que aparecem da selecção holandesa sub 21.

Obviamente que Rui Vitoria não conta com ele.

Sabemos que Fejsa está fisicamente por arames e Rui Vitoria tem contado pouco com ele, sabemos que Jonas está com pubalgia e necessita descanso para render mais, sabemos que Semedo, Salvio e Luisao só voltam em Janeiro e sabemos que Cervi é reforço do Benfica ficando apenas em aberto a hipótese de chegar em Janeiro ou em Junho.

Lembro ainda que o defesa esquerdo anunciado há 1 ano e meio - Eliseu era pouco, muito pouco há 18 meses, imaginem quão pouco é agora - ainda não chegou e esperamos todos que "um qualquer Siqueira da vida" apareça para reforçar um lugar em défice há muito tempo.

Tudo isto para dizer que não vale a pena chorar ou gritar a pedir novo treinador, novo presidente ou nova estrutura porque até Junho de 2016 nem treinador nem estrutura se alteram e até Outubro de 2016 - se não existir antecipação de eleições - também não há novo presidente.

Então chegamos ao busílis da questão.

Quem responsabiliza os jogadores?

Quem responsabiliza a fraca atitude de muitos jogadores do Benfica em muitos jogos desta época ou em muitos minutos de vários jogos esta época?

Enquanto os nossos jogadores continuarem a ler e ouvir que a culpa é da estrutura, presidente e treinador eles estão bem.Estão maravilhosamente bem.

Enquanto eles saírem á rua e verem adeptos dirigirem-se a eles com palmadinhas nas costas a gritarem palavras contra a estrutura, o presidente e o treinador, os nossos jogadores dormem descansados.

A verdade é que o Benfica chega hoje a Braga com a pressão duma final e serão apenas e só os jogadores que poderão ganhar o jogo, enquanto a estrutura, o presidente e o treinador terão todas as responsabilidades em caso de derrota esperada por todo o universo futebolístico nacional.

Não é nem o treinador, nem o presidente, nem a estrutura que vão jogar a Braga.

São os 11 jogadores titulares e os outros 3 que vão entrar em Braga que podem decidir a vitória no jogo.

Já se percebeu que a equipa não tem fio de jogo, uma ideia, um colectivo.

Isto são factos.

Logo, não vamos acreditar que sem Samaris, sem Luisao, sem Semedo, sem Silvio - todos habituais titulares de Rui Vitoria - a equipa vai ter fio de jogo, colectivo ou atitude competitiva elevada para ganhar o jogo.

Só há uma hipótese de ganhar em Braga e essa hipótese só pode ser pedir responsabilidades aos jogadores.

Não  outra solução

Estes 14 jogadores que entrarem sabem que o futuro deles e de todos os seus colegas lesionados depende duma vitória em Braga.

Logo á noite , não vale a pena refugiarem-se atrás do treinador, estrutura ou presidente pois serão eles que terão a responsabilidade de jogarem uma final.

Esta final em Braga, que está a ser anunciada como o fim do Benfica nesta época, tem apenas um resultado possível - ou a vitoria nos coloca com esperanças de sermos campeões ou o empate/derrota coloca o Benfica completamente fora da luta pelo título.

Sair de Braga a 8 pontos do primeiro classificado, sabendo que já fomos ao Dragão e Braga - exactamente as ultimas saídas do Sporting esta época -  e que temos um jogo a menos que Sporting,  mantêm nos vivos.

Qualquer outro resultado vai matar-nos e essa responsabilidade tem de ser (também) dos jogadores.


Força Benfica"

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Uma desgraça nunca vem só.

Eu não quero escrever coisas óbvias e dizer mal de tudo o que mexe no Benfica, mas o momento é delicado. 

Muito delicado.

Todos sabemos que temos muitas coisas más, mas quero olhar para toda esta "fase" como parte dum processo que tínhamos de passar para chegar a qualquer lado, apesar de não saber bem onde tudo isto nos leva. 

Tenho um amigo meu que quando o Benfica começa a perder por alguns golos, sempre me diz que deveríamos ser goleados para que existisse um safanão nisto tudo. 

Vejo com ele todos os jogos do Benfica no Estádio da Luz, muitos fora e alguns na TV. 

Ontem vimos o jogo num destes bares com televisões e ele dizia isso desde o 3-0 e eu pela primeira vez em muitos anos, concordei com ele. 

Ontem entre perder 1-0 ou perder por 5-0, faz-nos melhor levar mesmo 5 porque algo de muito grave se passa e tem de ser feito algo no imediato. 

Os últimos jogos miseráveis não tiveram esse efeito ainda. 

A desgraça não foi (só) ontem... 

A desgraça nunca vem só e esta desgraça já começou há várias semanas e não tem hora para acabar, como diz "Gabriel o Pensador" numa das suas canções. 

São sete jogos seguidos a jogar mal - ok, retiramos o jogo do Paços onde jogámos bem e com vontade - e seis jogos seguidos onde não há Benfica. 

Não existe Benfica nesta equipa e isso preocupa-me...

Tem de haver psicologia nestes jogadores, tem de haver alguém que os leve ao museu, tem de haver alguém que lhes ensine que isto não é o Benfica e que reverta tudo no imediato.

Eu sei que palestras não fazem campeões nem palavras bonitas trazem bom futebol, mas o que se passa com esta equipa passou em muito a "normalidade".

Rio Ave, Portimonense, CSKA, Boavista, Braga e Basel são equipas que temos obrigação de fazer muito mais. 

Quando se fala da imagem Sport  Lisboa e Benfica no caso dos emails, dos vouchers e de tantos outros casos que abalaram o nosso clube nacional e internacionalmente é algo grave, mas não tão grave como levar cinco golos do Basel. 

Eu recebi mensagens de todo mundo a perguntar "o que é isto?" 

Eu sei lá o que é isto!!! 

Não sei, mas sei que não é o nosso Benfica!

Vários amigos de vários cantos do mundo a opinar sobre Luisão, Jonas e Julio Cesar e a perguntar como é possível que a melhor academia do mundo tenha estes jogadores de terceira idade a jogar na champions?

Eles tem razão!

Algo de profundamente grave e errado se passa com este Benfica. 

Nós todos sabemos dos erros que existiram com a não contratação dum bom guarda redes, dum Garay que garantisse a defesa porque era "muito caro" - desta vou me rir todo o ano -  dum bom defesa direito para o lugar de André Almeida, dum bom trinco para o lugar de Fejsa, dum bom médio para o lugar de Pizzi. 

Todos sabemos isso. 

Também sabemos que quando se contratou um médio regular e com potencial para o lugar de Pizzi - Krovinovic - não se inscreve na champions porque se quer dar oportunidade a Gabigol ou a Svilar...

São erros de palmatória que não se podem ter. 

São erros graves. Muito graves

Rui Vitória no sábado passado a seguir ao jogo contra o Paços de Ferreira deu uma entrevista a Hélder Conduto na BTV e ao falar de Ruben Dias disse algo tão ridículo que nem ele se apercebeu. 

Comunicou-nos que falou com Ruben Dias pessoalmente e disse-lhe que ao contrário do que ele fez em toda a sua formação que foi jogar do lado direito da defesa central - acho que foi direita que ele disse, mas isso é irrelevante - agora "tem de se habituar a jogar no lado contrário da defesa."

E porquê?

Porque "obviamente do outro lado está Luisão" e sorriu...

Rui Vitória sorria e eu quase que chorava. 

Então mas Luisão não pode sair da equipa porquê?

Luisão vai fazer jogos á quarta e domingo todo o ano?

É isso que Rui Vitória quis dizer?

Depois quero aplaudir os adeptos do Benfica que estiveram em Basel que eram os únicos que não mereciam aquele resultado, mas criticar todos aqueles que ainda não acordaram. 

Há muitos benfiquistas que acham que a História se repete, porque sim... 

Ou seja, se há dois anos Rui Vitória começou mal - mal perder com Arouca, Porto e Sporting indo ganhar ao Atlético de Madrid? - acham que este ano vamos ser campeões e passar aos oitavos da champions, porque sim...

Porque sim?

Eu não sou desses. 

E se o ano passado fomos campeões também, este ano seremos igual?

Sim. Porque sim?

Luisão está dois anos mais velho, Julio Cesar está dois anos mais velho, Jardel está dois anos mais velho, Jonas está dois anos mais velho, não temos Lindelof, Ederson, Semedo, Renato, Gaitan e Mitroglou e esta gente acredita no Pai Natal?

Que arrogância é esta que acha que os nossos adversários não estão assim tão fortes e que vão ser goleados por Monaco e Barcelona?

E nós, pergunto eu? E nós???

"Nós? Nós vamos arrancar para uma época maravilhosa ganhando já ao Basel na quarta feira, á vontade" diziam os optimistas mais optimistas do mundo encarnado.

Eu escrevi no anterior post que todos os adeptos que disseram que Barcelona e Monaco iam golear estavam a ter uma atitude ridícula, mesquinha e provinciana mas acrescento agora que só podem estar cegos de Amor pelo Benfica, o que num estado extremo é muito mau. 

O Benfica está muito mais fraco e os nossos rivais estão muito mais fortes. 

Não há como não ver isso. 

E esta arrogância que tenho lido, ouvido e visto dos nossos adeptos - ou de grande maioria - tira-me do sério porque é um prolongamento do que se vive neste momento na nossa estrutura. 

Por isso e voltando ao inicio do texto era importante levar 5 do Basel. 

Estava a tornar-se insuportável tantos erros, tantas más exibições, tantos problemas sem que ninguém achasse que tudo tem de mudar. 

Não são 7 minutos dum jogo mau. 

São 7 jogos muito maus. Todos seguidos. 

O Benfica tem uma oportunidade de ouro de se levantar, mesmo que eu tenha dito há varias semanas que tínhamos de ganhar ao Boavista, Braga, Paços, Basel e Maritimo para irmos descansados para a pausa de selecções. 

Só ganhámos um desses jogos e a crise hoje é uma realidade. 

A oportunidade de ouro é o nosso calendário. 

Temos Marítimo a 1 de Outubro e depois temos duas semanas de pausa de selecções!

Temos um jogo da Taça de Portugal a 14 de Outubro, temos um jogo contra o Manchester em casa a 18 de Outubro, temos um jogo contra o Desportivo das Aves no dia 22 de Outubro, temos um jogo em casa no dia 25 de Outubro contra Portimonense para a Taça da Liga e no dia 27 de Outubro, jogamos em casa contra o Feirense antes de irmos a Manchester cumprir calendário a 31 de Outubro. 

Temos um mês para recuperar esta equipa antes doutro jogo do título em Guimarães a 6 de Novembro.

É isto que o Benfica tem de focar e tirando o Manchester, o calendário é a nosso favor. 

Estamos a poucos dias dum virar de página obrigatório e palavras já não fazem nada. 

Agora precisamos de acção. 

Eu já escrevi e repeti que tem de ser Rui Vitória a liderar este processo de mudança profunda na cabeça, no corpo e nos pés dos nossos jogadores. 

Não poderá ser mas ninguém. 

Pela primeira vez Rui Vitória tem todo o plantel disponível e levamos 5 -0.

Ou seja, nem todos os nossos problemas são de ordem física. Há muitos problemas de ordem mental e de ordem táctica

Há que orientar as peças e fazer de todo este plantel um todo coeso, forte e há que voltar a ser MUITO HUMILDE...

Não podem achar que vão ganhar ao Marítimo porque sim, porque achavam que iam ganhar ao Rio Ave porque sim e porque são Tetra, ao CSKA, ao Basel, ao Boavista, ou ao Braga na nossa taça fetiche...

Tudo palhaçadas do tamanho do mundo. Há que voltar a ter respeito pelos adeptos, pelo clube, pela Instituição, pelos adversários e virar já este mau momento. 

Como?

Já disse e repito... eu não sei, mas Rui Vitória tem de saber. 

Se for necessário colocar Varela, Ruben Dias, Kalaica, Diogo Gonçalves, João Carvalho ou qualquer outro novo Renato Sanches que o faça sem medo. 

Como está, não pode continuar. 

Ontem bateu no fundo e também bateu no fundo a atitude passiva do nosso treinador com um discurso totalmente gasto, sem dinâmica, sem garra, sem vontade de mudar e totalmente desgastado com o que tinha acabado de presenciar. 

Ontem o Benfica não rematou á baliza uma única vez e eu não me lembro de isso ter acontecido em algum jogo recente, pelo menos nos últimos anos. 

Se alguém tem dados que confirmem que o Benfica teve jogos onde não acertou uma única vez entre os postes que me envie, porque eu não me lembro e continuamos a falar nos acasos, nos penáltis, nas expulsões...

O Benfica assim não vira a página. 

Dizia-me um médico um dia que o principal remédio para a cura é assumir a doença e se os técnicos, jogadores, dirigentes e alguns adeptos do Benfica acham que está tudo normal, então serei eu o doente.  

Está quase tudo mal, para ser simpático mas temos um mês para uma nova pré época. 

Nada está perdido na liga, nada está perdido na Taça da Liga, nada está perdido na Taça de Portugal e na champions temos de fazer 7 pontos em 4 jogos e esperar que o United vença todos os outros jogos.

Assim mesmo, a questão é o que vamos fazer com esta equipazinha para os oitavos? O que vamos fazer com esta equipazinha para a Liga Europa?

Melhor focar no que podemos controlar e recuperar a equipa nesta pré época de Outubro para o que ainda falta jogar e esquecer as Europas para outros que se prepararam melhor.

Vamos levantar a cabeça todos, assumir as nossas fraquezas, reforçar as nossas forças e ver este calendário no mês de Outubro como uma grande oportunidade para re-lançar todas as nossas aspirações aos títulos que ainda queremos ganhar. 

Se não invertermos nada disto, até o terceiro lugar na Liga estará em perigo

Força Benfica


terça-feira, 26 de setembro de 2017

Nem somos 8 numa semana, nem 80 na outra...

Este último sábado vimos algo no Estádio da Luz que não tínhamos visto com CSKA, Boavista e Braga... O Benfica marcou um golo e continuou a atacar num ritmo de Tetra campeão, procurando o segundo golo. 

Eu tinha escrito várias vezes que o que mais me enervava neste Benfica é a maneira como deixamos de atacar quando marcamos golo. 

Há quem me diga que Rui Vitória acalmou a vertiginosa maneira de jogar com que Jorge Jesus nos tinha habituado mas eu apenas agradeço a Rui Vitória essa consistência que nos tem dado tantos títulos que fugiram com Jorge Jesus. 

Isso para mim está claro... Mas não é sobre isso exactamente que estamos a falar. 

Eu estou a falar numa acomodação, numa maneira relaxada de ver o jogo, numa maneira arrogante de encarar o adversário e isso trouxe-nos vários dissabores. 

O que o Benfica fez no ultimo sábado tem de fazer em todos os jogos do nosso campeonato e depois consoante o adversário, logo gerimos mais ou menos o resultado. 

Não estou a pedir que contra FCPorto ou Sporting isso aconteça porque nesses jogos o importante é ganharmos 3 pontos, seja de que maneira for, mas contra adversários mais fracos, não me parece que chorar Ederson, Lindelof, Semedo, Mitroglou seja uma solução para os nossos problemas. 

Os nossos problemas resolvem-se atacando e dando tudo em cada lance. 

Foi isto que Rui Vitória incutiu no espírito destes jogadores nas últimas duas épocas - luta por cada bola, encarar cada jogo como se fosse uma final e respeitar todos os adversários com a convicção que esse respeito seria um tónico para a concentração, a determinação e o foco.

Pois o Benfica contra o Braga não foi esta equipa, contra o Boavista também não foi e muito menos contra o CSKA que era jogo de champions. 

Temos que encarar cada jogo assim, com este foco e se no final o Benfica perder o jogo ou empata-lo ou se mandarmos 5 bolas aos ferros e ficar 0-0 eu sou o primeiro a aplaudir de pé todos os jogadores. 

Atitude competitiva no limite exige-se e a verdade é que o Benfica não teve esta atitude nos últimos jogos. 

Espero que tenhamos todos aprendido com estes pontos perdidos e que se lute por cada bola, por cada jogo e pelos 3 pontos em todos os jogos que faltam disputar. 

Se assim for o Penta continuará longe, mas com alguma possibilidade de sucesso !

Entretanto e no plano individual o que é que Fejsa tem, para conseguir estes números ?  

O homem tem 10 campeonatos ganhos nos últimos 10 anos e desde que Rui Vitória chegou ao Benfica, Fejsa tem números arrasadores. 

Na primeira época de 2015-2016, Fejsa fez 28 jogos e ganhou todos, perdendo apenas com:

-  Sporting na Super Taça (1-0) 

-  Atlético de Madrid em casa (1-2)

- Bayern de Munique em Munique (1-0) 

- Sporting no Estádio da Luz (3-0) mas o engraçado é que entra ao intervalo quando já está 3-0. 

Empata um jogo contra o União da Madeira (0-0) e outro contra o Bayern de Munique na Luz (2-2)


Na segunda época de Rui Vitória, Fejsa fez 35 jogos e ganhou todos, perdendo apenas com

- Nápoles fora e no Estádio da Luz (4-2 e 1-2)

- Marítimo no Funchal (2-1)

- Setúbal fora  (1-0). 

Empatou dois jogos contra o Besiktas (1-1 e 3-3)  e um jogo contra o Sporting (1-1) que sendo empate, praticamente nos dá o título em Alvalade, ou seja um empate com sabor a vitória. 


Esta época de 2017/2018,  Fejsa ganhou todos os 4 jogos em que participou, portanto a crise não tocou ainda no Sérvio este ano. 

Ou seja, qualquer miúdo de 8 anos sabe que desde que Rui Vitória chegou o homem fez apenas 67 jogos mas só perdeu 4 para a liga dos campeões - Nápoles (2) Bayern de Munique, Atlético de Madrid - 3 para o campeonato - Marítimo, Setúbal e Sporting (sendo que este ultimo nem devia contar porque Fejsa entra ao intervalo quando está 3-0) e  Super-taça com Sporting. 

Empates tem 2 contra Besiktas e 3 contra União da Madeira, Setúbal e Sporting, sendo que este é um empate que vale um campeonato!

Qualquer adepto do Benfica sabe estes números de cor, porque são surreais !!!

Repito que tudo isto é surreal!

Outro nome que une a Arte á magia do Futebol, mesmo no meio de toda a crise do nosso Glorioso,  é Jonas que é o melhor marcador com 8 golos para o campeonato e que decidiu homenagear o maestro brasileiro João Carlos Martins que teve uma vida cheia de azares que uma e outra vez o levaram a recomeçar de novo. 

Teve um acidente na mão direita em 1965 que o impediu de tocar ainda novo, quando encontrou a sua equipa do coração - Portuguesa de São Paulo - a treinar em New York e o treinador o convidou a juntar-se aos seus ídolos. Azar dos azares, João Carlos Martins teve uma queda que lhe perfurou o braço impedindo-o de tocar durante alguns anos

Passado muito tempo tempo foi assaltado em Sofia, Bulgária no ano de 1995 e nesse assalto foi violentamente agredido na cabeça, ficando muito limitado no braço direito e na fala. 

Mas não é por isso que João Carlos Martins se resigna e pelo contrário abraça uma carreira de maestro mesmo que não consiga virar as páginas das folhas, tendo que as decorar. 

Toda uma história de resiliência que Jonas decidiu homenagear no golo do passado sábado. 

E que bonito ver um jogador de futebol homenagear alguém que tem como paixão a musica clássica - especialmente Bach num determinado momento, mas não só - porque mostra que a Arte e Futebol podem andar de mãos dadas. 

Se em campo Jonas é o melhor jogador que o Benfica teve em muitos, muitos anos, fora dos relvados mostra sinais de elevação o que só nos orgulham e enchem de alegria. 

Um exemplo !

Ontem Rui Gomes da Silva escreveu novo texto a justificar parte da sua tomada de posição na semana passada e depois no programa "O Dia Seguinte" voltou a explicar o que o levou a escrever tudo aquilo e o que o levou a falar - como eu falo e muitos outros falam - quando achou que o devia fazer. 

Não vou dissecar muito sobre o que ele escreveu porque está no blog vizinho "Nova Geração Benfica" e cada um tira as suas conclusões, mas vou sublinhar umas ideias que defendeu no programa  á noite e que se aproximam muito do que eu defendo, mesmo que muitas vezes esteja em desacordo com algum conteúdo e sobretudo na forma como Rui Gomes da Silva apresenta as suas ideias. 

Então Rui Gomes da Silva diz que nunca recebeu um euro do Benfica e que continuará a defender que os órgãos sociais do Benfica nunca sejam remunerados. 

Eu escrevi-o dezenas de vezes mas nunca será demais relembrar que isso é condição fundamental porque honra a nossa História e aquilo que todos os presidentes e vice presidentes fizeram em mais de cem anos da nossa existência. 

Para mim isto é algo intocável e que nunca poderá ser alterado. 

Também não concordo ou concordarei que algum cidadão possa ser expulso de sócio do Benfica como foi o execrável João Vale a Azevedo. 

Basicamente porque a relação de paixão que cada pessoa tem com o seu clube não pode nunca ser posta em causa e Rui Gomes da Silva defendeu excactamente isso ontem á noite. 

Se o execrável João Vale e Azevedo ou muitos outros execráveis benfiquistas que roubam descaradamente em várias áreas da nossa sociedade - alguns autênticos gangsters - tem a Paixão pelo Benfica e querem pagar as suas quotas, os seus Red Pass ou os seus camarotes no caso dos mais ricos, o Benfica nunca pode proibir alguém de ser sócio do nosso clube.

Isto tudo a propósito das pessoas que se vendem por um ordenado e dizem hoje o contrário do que diriam há um tempo.

Entretanto a arbitragem do Moreirense Sporting foi das coisas mais vergonhosas que vi em muito tempo. 

Então o árbitro anula uma jogada com dois jogadores do Moreirense isolados, marca um canto a favor do Sporting duma clara falta atacante e duma situação que era pontapé de baliza, perdoa um penálti contra o Moreirense já em descontos num empurrão sobre Doumbia e deixa que Coentrão e Coates andem a distribuir chapadas aos adversários ?

Eu sei que todos os olhos do nosso campeonato, imprensa, media, redes soaciais, Nunos Saraivas e Franciscos J Marques estão em cima de Eliseu e Samaris, mas por favor há todos os dias agressões semelhantes ás de Eliseu por parte de jogadores do FCPorto e Sporting e anda tudo caladinho.

Assim não há VAR que resista porque como sabemos o VAR tem que intervir o mínimo e só pode intervir nas quatro situações conhecidas de agressão, golo, fora de jogo e  penalti. 

Lembrar ainda que não é ganhando ao Paços de Ferreira em casa por 2-0 que o Benfica passa a estar em estado de graça.

Era só o que faltava, pensarmos que todos os nossos problemas se resolveram contra o Paços de Ferreira.  

O Benfica está obrigado a ganhar os próximos dois jogos esta semana antes da paragem de seleções e se estes não são os jogos do ano, seguramente que estarão no TOP 5 da época. 

O Benfica não pode ficar fora dos oitavos da champions e não pode perder pontos onde o ano passado perdeu ou onde há dois anos teve imensas dificuldades amplificadas pela expulsão de Renato Sanches. 

São duas finais que tem que ser encaradas como tal, para ganhar. 

Exijo compromisso dos nossos jogadores em ambos os jogos e exijo entrega total porque destes 6 pontos depende o futuro do nosso Benfica nesta época. 

Mesmo para terminar abominar todos e quaisquer comentários arrogantes de muitos benfiquistas sobre a goleada que Barcelona vai dar ao Sporting. 

Ridículo, mesquinho e provinciano. 

O Sporting, como o FCPorto e Benfica são grandes clubes e nada que passe aqui dentro pode desviar-nos da imagem do futebol português no mundo, pois somos e seremos durante mais 3 anos os campeões europeus em título. 

Sei que o Sporting fará um bom jogo amanhã, como espero que o FCPorto faça um bom jogo contra o Monaco e que depois empatem no domingo. 

Esta arrogância estúpida que faz com que benfiquistas andem a gozar com possíveis goleadas de clubes portugueses na Europa é algo que abomino e mesmo que queiram que o Sporting e Porto percam sempre - como eu quero em Portugal em todas as competições - nunca poderá ser usada para querer ver o nosso futebol goleado seja por quem seja. 

Acho sinceramente que esta ideia que o Sporting será goleado é de alguém que não percebe nada de futebol, nem do xadrez do futebol europeu. Se o Barcelona pudesse eliminar a Juventus, deixando o Sporting passar aos oitavos faria-o desde já e o Sporting pode pontuar em qualquer campo do mundo e ganhar contra qualquer equipa do mundo em casa. Tal como o Benfica e FCPorto e se eu disse há dias que Sporting e FCPorto estavam mais fortes e Benfica mais fraco, não seria agora que iria dizer o contrário.  

Espero grandes jogos europeus e não me passa pela cabeça que existam goleadas em nenhum dos nossos jogos. 

Precisamos de vitórias para manter o nível do nosso futebol e manter sempre 3 equipas na champions. 

Força Benfica



quinta-feira, 21 de setembro de 2017

A paciência tem limites e isto já perdeu a piada!

Ontem estive no Estádio da Luz e saí como todos, muito triste. 

Penso que estes últimos dias - especialmente desde o fecho do mercado - tem colocado na cabeça dos benfiquistas e da opinião publica que não temos plantel para atacar o Penta, especialmente pelas saídas de Lindelof, Ederson, Semedo e Mitroglou mas mesmo sem estes jogadores o Benfica é melhor que Rio Ave, Portimonense, CSKA Moscovo, Boavista e Braga e não o tem mostrado no campo. 

Ontem foi inacreditável o que se passou entre o golo do Benfica e o golo do Braga. 

E porque foi inacreditável?

Porque o Braga veio para ganhar, porque a final four da Taça da Liga CTT é em Braga, porque o vencedor deste grupo não joga contra Sporting e FCPorto na semi-final e porque eles sabiam que se não podiam ganhar, não podiam mesmo perder. 

Ou seja, viu-se no Braga uma estratégia para o jogo. 

O Benfica ? O que se viu do Benfica?

O Benfica jogou bem até ao golo e depois morreu. 

Ressuscitou um pouco no início da segunda parte até ao golo mal anulado do Gabigol e só depois de termos sofrido o golo do empate é que vimos uma fraca reacção. 

O Benfica lá usou a coração e muito pouca cabeça para tentar ganhar esta partida que era fundamental, porque é numa competição que queremos ganhar. 

Ou não queremos ganhar?

Depois enerva-me sobremaneira a atitude dos jogadores e do Rui Vitória no final muito espantado de ter sofrido um golo de canto. 

Mas a pergunta que deviam ter feito a Rui Vitória era:

- Mas não acha que se estava mesmo a ver que mais cedo ou mais tarde o Benfica iria sofrer um golo?

Sim estava, caro Rui Vitória e Júlio César minutos antes evitou um golo feito. 

Quem no estádio não se virou para o colega do lado e disse :

Mais cedo ou mais tarde, calha-nos o empate! 

Eu tenho paciência para esperar pelas vitórias que nos darão títulos. Sem problema. 

Não tenho paciência para esta desresponsabilização do que mal vem sucedendo no Benfica. 

Estes jogadores são muito melhores do que mostram em campo. 

A nossa organização defensiva e atacante tem de ser muito melhor do que temos visto. 

Achar que os adversários só nos conseguem marcar golos por sorte - ou por nosso azar - é um pouco redutor quando já vamos com tantos golos sofridos. 

Nós rematámos 16 vezes e o Braga rematou 11 vezes, porque é uma grande equipa e mereceu empatar. Não rematou 1 vez e marcou um golo. Fez pelo golo que mereceu marcar e nós fizemos o que fazemos sempre. 

Marcamos e achamos que o jogo acabou. 

Se o nosso treinador não entender que é ele que vai ter que ir á procura da sorte, ela nunca vai aparecer. 

Eu conheço muito bem o calendário do Benfica e já disse que tínhamos que ganhar estes 5 jogos depois do desaire em casa contra o CSKA. Agora digo que temos que ganhar 3 jogos contra Paços de Ferreira, Basel e Marítimo e são todos díficílimos.  

Qualquer equipa contra o Benfica agora é um Barcelona em potência e nós temos que ganhar e fazer por ganhar. 

Foco no que temos que fazer e deixar de andar ao sabor do vento e ao sabor do que "podia ter acontecido mas não aconteceu". Isso é o que o Fado nos diz muitas vezes mas o futebol não é Fado apesar de poder ser uma Arte. 

Futebol é Paixão e eu não vejo os jogadores do Benfica apaixonados. 

Ontem éramos 24160 espectadores a uma quarta-feira, ás 915pm e merecíamos mais. 

E se não gostei de ver Luisão e os seus colegas a não agradecerem o apoio dos benfiquistas no Bessa, também não gostei de ver a forma lenta como Filipe Augusto saiu do campo. 

Eu estava na central a poucos metros de Filipe Augusto de frente para ele e vi um jogador a sair a passo, mas também ouvi aplausos da bancada onde se diz que só se ouviram assobios. 

A verdade é que existiram aplausos e assobios - eu repudio os assobios a qualquer jogador do Benfica - mas também repudio que qualquer jogador saia a passo quando precisamos de ganhar e estamos empatados. 

Sem entrar aqui num caso "Filipe Augusto" onde ele não existe, há que repudiar os assobios e repudiar a maneira muito lenta como Filipe Augusto saiu. 

Eu vi o Krovinovic pela primeira vez em Maio passado quando fui ver o jogo do Benfica no Estádio dos Arcos, em Vila do Conde.

Vi logo que este jogador é acima da média e no final do jogo até me disseram que iria para o Sporting, mas acabou de águia ao peito. É uma mais valia que bem trabalhada tem que dar frutos no nosso plantel e ontem provou-o com bons apontamentos ao contrário de Gabigol de quem não vi grande coisa. Uma pena enorme que não o tenham inscrito na lista da Champions, mas para ele entrar teria que sair algum outro estrangeiro. 

Temos que começar a virar a página já e já é tarde. 

Força Benfica 






quarta-feira, 20 de setembro de 2017

O Benfica não sai de cena...



Tem sido um rodopio de Benfica na ultima semana. Tem sido um rodopio tão grande que as noticias e os casos deste nosso Glorioso duram 30 segundos, como uma qualquer noticia num feed dum site noticioso. 

O Benfica perde dois jogos seguidos e já estamos em quarto lugar no campeonato e em quarto lugar na champions. 

O Benfica contrata um benfiquista - Pedro Mil Homens - para comandar o centro de estágio e metade de Portugal diz que ele é sportinguista. 

Quem é sportinguista de gema é o Diogo Matos que dizem que pode incluir a nova estrutura de formação mas que depois afinal dizem que não será parte da estrutura. 

O que sabemos de concreto é que o Benfica despede Nuno Gomes, oferece-lhe novo cargo no Benfica que ele recusa e Simão Sabrosa entrará para o seu lugar. 

Afinal, passados uns dias, Simão Sabrosa nega qualquer contacto com o Benfica. 

Rui Costa ameaça bater com a porta e segundo parece foi tudo uma notícia plantada para nos distrair antes do jogo do Bessa.

Um antigo dirigente do Vale e Azevedo que ninguém sabe o que está a fazer como comentador da BTV, enumerou no programa que participa no nosso canal um certo numero de clubes corruptos onde o FCPorto obviamente fazia parte. Caiu o Carmo e a Trindade no Dragão. 

Carlos Daniel faz um óptimo texto sobre futebol onde disse o que todos sabemos - ele não gosta do futebol de Rui Vitória no Benfica e expressou-o nesse texto que foi mediaticamente partilhado até á exaustão por benfiquistas...

Rui Gomes da Silva mandou umas quantas bombas ao seu estilo, disse muitas verdades, excedeu-se aqui ou ali mas nada que surpreenda quem o conhece bem. Resultado? Foi capa do Record e agora diz-se que pode ser candidato a presidente do Benfica. 

Mas alguém tem duvidas que Rui Gomes da Silva será um dia candidato a presidente do Benfica?

As pessoas parece que andam a dormir durante anos e depois acordam. 

É óbvio que Rui Gomes da Silva será candidato um dia, talvez contra Rui Costa que quer que saia da toca - como outra pessoa há uns anos queria que Rui Vitória saísse da toca - ou contra José Eduardo Moniz que eu pensei ser o vice presidente que ele queria que viesse "dar o corpo ás balas" mas o próprio Rui Gomes da Silva negou que o texto fosse para esse vice presidente "que não tem nada a ver com o futebol".

É tudo uma questão de tempo até tudo se tornar claro, mas até pode ser que nem aconteça em 2020 portanto todas estas discussões são estéreis e sem sentido. 

Mas houve mais durante a semana! 

O Benfica não saiu de cena e ontem adeptos dos No Name foram ás garagens pedir satisfações aos jogadores e treinadores do Benfica. 

Os mesmos jogadores - literalmente - que foram campeões em Maio foram ameaçados por 50 membros da claque ilegal encarnada. 

Vergonhoso!

Soube-se no caso dos emails que Bernardo Silva em Janeiro de 2015 não queria assinar a declaração de não dívida porque achava que o Benfica lhe tinha que pagar o ordenado de Julho de 2014, tendo em conta que o contrato com o Mónaco só foi assinado a 8 de Agosto. 

Luís Filipe Vieira responde a Paulo Gonçalves para fazer o pagamento desse ordenado terminando com a frase - "este não volta a vestir a camisola do Benfica".

Se isto não é crime informático e o típico caso que a montanha pariu um rato - ou está a parir ratos todas as semanas - então temos que dar um novo conceito a todo este caso. Cada dia que passa, mas sinto que se este caso for bem defendido pelo Benfica pode ter efeitos muito negativos para o FCPorto, mas isso falaremos daqui a uns anos.

Há exactamente 12 dias - repito 12 dias - o Sporting estava empatado com o Feirense e no ultimo minuto dos largos descontos acontece um penálti em formato de Karaté sobre Bas Dost e o Sporting ganha com um golo que veio do céu. Tinha acontecido o mesmo em casa contra o Setúbal há umas semanas e o que eu pergunto é o que teria acontecido se esse golpe de Karate tivesse ficado no banco, onde o seu executante estava 2 minutos antes?

O Benfica ganha ao Portimonense com uma exibição miserável duas horas depois e passados uns dias o Benfica perde em casa contra o CSKA, o Sporting ganha muito bem na Grécia, o FCPorto perde em casa contra o Besiktas e chegamos ao jogo no Bessa com o Benfica em profunda crise de tudo - resultados, exibições, contratações - e o Sporting e FCPorto em estado de graça. 

Ou seja de todos os jogos feitos esta época, o Benfica ganha em todo lado excepto Vila do Conde e em casa contra CSKA, e até já conquistou um título de Super Taça. 

O FCPorto ganha tudo excepto o jogo em casa contra o Besiktas e vai a Vila do Conde no domingo seguinte - onde o Benfica perdeu os tais dois pontos da diferença - e em todo o lado uma equipa está na mais profunda crise e outra tem todas as condições para chegar ao dificílimo campo do Rio Ave com uma tranquilidade mediática inacreditável. 

Então este resumo serve para quê?

Para provar que com situações tão semelhantes, as crises eram já no sábado passado tão diferentes. 

O Benfica entra no sábado bem e devia ter feito o 2-0 para terminar com o jogo. 

Não o fazendo e oferecendo o 1-1 e o 2-1 acabou por perder bem e agora sim há uma crise de resultados justificada, mas nada que nos assuste.

Passadas 24 horas o FCPorto entra a passear em Vila do Conde - era a mesma equipa que jogou contra o Benfica ? - e ganha com justiça, enquanto o Sporting empata em casa contra o Marítimo ontem e hoje na capa dos jornais vem o que? 

"Domingos Soares Oliveira" numa capa, "Apertão dos jogadores ao plantel e treinador" noutra capa e "Vieira Irradiou Bernardo Silva" noutra capa. 

Estes são os destaques do dia de hoje em todos os jornais desportivos. 

O Benfica não sai de cena. Nunca!

A crise do Benfica não sai de cena e nós benfiquistas estamos a meter muita gasolina na nossa própria fogueira. 

A única maneira de fugir da crise do Benfica é ir rindo com o presidente do Sporting

Ontem o vídeo que passou antes do jogo com o Marítimo a anunciar que Bruno de Carvalho e Joana Ornelas vão ser pais - meus sinceros Parabéns aos dois - foi hilariante. 

Não há palavras para descrever este presidente, o ego deste homem e a sua "não noção" do ridículo. 

Dizia o Azar do Kralj na sua página do Facebook que esse vídeo serviu para mostrar que o presidente do Sporting "não bate com o baralho todo" e a pergunta óbvia é:

- Mas alguém tem duvidas disso ?

Para o final deixo as noticias sobre o nosso relatório de contas. 

É inegável admitir que o exercício tem números muito bons. 

Não vale a pena estarmos a tentar ver defeitos onde na verdade existem muito mais qualidades. 

O relatório final só vai estar disponível mas tarde mas os highlights são extremamente positivos. 

Resumindo, ter 44,5M de lucro no exercício, receitas acima de 250M, um activo com 505 Milhões, um passivo bancário que baixou 90M este ano, 50M o ano passado - num total de 140M em dois anos - mesmo que tenhamos 59,4M de empréstimos obrigacionistas é muito, muito bom.

Ninguém pode dizer que estas contas são más.


O nosso passivo corrente era de 263M e agora é de 141M, o Passivo acumulado é agora de 438M e a conta com clientes é de 68M o que significa que neste próximo semestre podemos abater mais passivo.


O único problema nas contas são os 75M de custos com pessoal de todo o universo Benfica, mas Domingos Soares Oliveira acha normal e diz ainda que "para ter os melhores tem de se aumentar os salários".


Eu sempre me habituei á ideia que os custos com pessoal poderiam rondar os 60M neste item e agora é um pouco chocante subir quase 25%, especialmente quando se tinha reformulado todo o paradigma de menos custos em ordenados.


Domingos Soares Oliveira explicou que "vamos no sétimo empréstimo obrigacionista, pagamos sempre dentro do prazo, os juros dentro do prazo e cada vez que fazemos emissão nova, pode ser mais difícil, mas quando o renovamos os detentores de obrigação acompanham-nos nesse empréstimo. Esse valor está próximo dos 150 milhões de euros, não temos uma situação que olhemos para elas e por razões externas temos de desembolsar. Não vejo necessidade de fazer esforços adicionais em relação aos obrigacionistas, vai depender da evolução"


Em relação aos empréstimos bancários diz que neste momento "a dívida está nos 125 milhões de euros e temos um objetivo rápido de redução para a expressão mínima. Nos encontros que temos feito entendemos que conseguiremos essa redução de dívida no final do próximo mandato, até 2024 a dívida estar saldada. Os prazos que temos com os bancos para isso apontam."


Quando confrontado com o facto do Passivo ter baixado apenas 3,7%, Domingos Soares Oliveira mostra-se tranquilo :


"Acho que as pessoas em Portugal falam da redução do passivo sem falarem da evolução do passivo. Penso que por desconhecimento. Tivemos aumento do activo e redução do passivo e é esse diferencial que sempre que se conseguir aumentar valor e reduzir dependência de terceiros que torna a sociedade mais robusta. Essa robustez de ter hoje mais de 60 milhões de euros em capitais próprios, sem operações camufladas, dá–nos garantia de investir e de manter o plano de redução de dívida."


Mesmo assim os benfiquistas questionam muito a razão de não se baixar mais o Passivo e Domingos Soares Oliveira explica que :


"Quando se vende no dia 30 de junho, ou 29 ou 28, o dinheiro não entra nesse dia e por isso não permite fazer a redução do passivo. Evidentemente a rubrica de clientes cresceu 40 milhões de euros e quando esse valor for pago, não me servirá para o ter em caixa, mas para reduzir o passivo. O que garanto é que mantendo os cenários neste momento a redução de passivo vai continuar a observar-se e com maior impacto em 2017/18. Nas contas de 1º semestre já veremos esse impacto.



(...) Houve uma redução do passivo que tem de ser lida com o incremento do activo. Redução do passivo permitiu ter receitas no grupo superiores ao total do passivo, sujeito aos juros, o qual chamámos passivo financeiro, entre empréstimos bancários e obrigacionistas. O aspecto mais relevante é que a dívida aos bancos portugueses diminui cerca de 90 milhões de euros, e atingimos os 125 milhões de euros."

Para não terminar o texto com contas, lembro que o Benfica sofre um golo do Portimonense há exactamente 12 dias, precedido de falta e o árbitro não viu, o VAR não pode intervir porque esta situação não está nas quatro situações previstas no VAR - agressão, penálti, golo ou fora de jogo - e o golo foi validado.


Esta semana, sem influência no resultado porque o Benfica perdeu, o golo do Benfica é precedido de falta e o árbitro não viu.


Em todo o lado e especialmente em programas como O Dia Seguinte que tem um moderador que mostrou e bem sérias duvidas sobre o VAR, não é de bom tom ter um comentador do Sporting a dizer várias vezes - Onde estava o VAR neste lance? Onde estava o VAR neste lance? - e ninguém lhe explica que o VAR não estava a dormir e não foi á casa de banho (como Paulo Andrade insinuou), mas não pode fazer nada porque está limitado ás quatro situações que falei antes.


É inacreditável que esta gente ganhe milhares de euros para estar a falar de coisas do futebol como o VAR e não saiba a 20 de Setembro - um mês e meio depois do inicio do campeonato - as quatro situações em que o VAR pode intervir.


Hoje, lá estarei no estádio para finalmente dar um pontapé na crise.


Assim esperamos!


Força Benfica!