quarta-feira, 6 de novembro de 2019

"Mudar de novo o Paradigma", mantendo as jóias da formação e contratar com critério, maturidade, qualidade e experiência europeia.

É impressionante ler textos antigos e perceber que tudo o que se está a passar no Benfica já foi por aqui escrito algumas vezes, mesmo sem ter escrito muito nos últimos meses.

Comecemos então pelo final...

O Benfica não tem problema de treinador, mas tem problema de estratégia, de direcção e liderança. 

Eu sei que hoje todas as pedras estão a ser atiradas a Bruno Lage, como foram a Rui Vitória, mas antes de atirarem as pedras ao nosso treinador pensem bem no planeamento da época do Benfica.

Caio Lucas foi contratado a 7 de Janeiro de 2019. Rui Vitória foi despedido a 3 de Janeiro de 2019.

No dia em que Caio Lucas foi contratado nem Rui Vitória era treinador, nem Bruno Lage era a pessoa que decidia as contratações.

Então quem decidiu dar a Caio Lucas 4 milhões de euros + 16 milhões em ordenados num contrato de 5 anos?

Sim, a estrutura.

A estrutura achava que comprar um jogador na Arábia, sem um único jogo europeu e sem presença em seleção, ia ajudar Mourinho, Leonardo Jardim ou Bruno Lage - os treinadores que se falavam para treinar o Benfica nesse dia 7 de Janeiro-  a fazer do Benfica, um grande nome na Europa em 2019/2020?

Por favor....

Depois em Junho, o Benfica - sim já com Bruno Lage - achou que resgatar Chiquinho ao Moreirense por 4 milhões de euros, comprar Cádiz ao Setubal por 3 milhões de euros e Raul Tomas ao Rayo Vallecano por 20 milhões de euros,  resolveria o problema europeu do Benfica?

Três jogadores que custaram 27 milhões de euros e nunca jogaram um jogo europeu ou internacional - nem Liga Europa, nem seleções, nem muito menos Champions - era a solução para o Benfica europeu?

Depois destas contratações incríveis com uma experiência internacional clara e muitos jogos de Champions de Caio Lucas, Chiquinho, Cádiz e Raul de Tomas quem é o senhor que se segue?

Já com o estágio em andamento, a 20 de Julho de 2019, Luís Filipe Vieira e Jorge Mendes vão a Nápoles, os dois sozinhos, numa negociata clássica igual a muitas que já vimos esta dupla fazer no passado, contratar Vinicius que a experiência que tinha no ano anterior era de 6 meses no Rio Ave, pois no Monaco pouco jogou e pouco marcou - 1 golo apenas - por 17 milhões de euros.

Outro jogador com uma experiência de Liga Europa, de Champions e de selecção incríveis...

Zero jogos na Europa, zero jogos na Liga Europa ou na Champions. 


Já vamos a 20 de Julho com 44 milhões de euros investidos em avançados - apenas e só avançados - e sem nenhum jogo europeu de nenhum dos contratados.

Depois, mesmo a fechar o mercado damos mais 6 milhões de euros por um júnior do São Paulo, sem um único jogo europeu (obviamente) mas também sem experiência na equipa sénior do São Paulo.

Há quem compare com Militão, mas Militão tinha muitos jogos no São Paulo e custou 4 milhões de euros.

Então finalmente o Benfica tinha todos os reforços e a quantia de investimento de 50 milhões de euros para ganhar aos Tondelas da vida, porque o objectivo seria não usar nenhum destes jogadores na Champions, porque a Champions é para ganhar o cachet dos 40 milhões de euros e a única maneira de ganhar o cachet dos 40 milhões é ser campeão em Portugal e nos jogos europeus da fase de grupos, meter o maior número de jovens da formação para mostrar ao mundo que temos "os melhores jogadores jovens do planeta".

É este o raciocínio empresarial do Benfica e é neste raciocínio empresarial que Lage se encontra.

Para Domingos Soares Oliveira e para Luis Filipe Vieira, fazer 6 ou 7 pontos na Champions permitirá ao Benfica encaixar mais de 47 milhões e com as receitas de bilheteira fazer os 50 milhões redondos que acabaram de investir na equipa.

Desportivamente o que ambos querem é passar para a Liga Europa e aí fazer os pontinhos que permitam ao Benfica estar na elite do futebol mundial pois na Champions não conseguem pontuar e na Liga Europa "conseguimos andar distraídos até Abril...".

É este o pensamento da cúpula directiva do Benfica porque se o pensamento fosse um pouco diferente deste, nunca se gastavam 50 milhões de euros em jogadores que nunca tinham jogado um jogo de Champions.

Chiquinho fez ontem em Lyon o primeiro jogo internacional, jogando 90 minutos.

Vinicius fez ontem os primeiros 90 minutos internacionais depois de ter jogado 30 minutos em casa contra Lyon e 30 minutos fora em São Petersburgo.

Raúl de Tomas faz 90 minutos contra o Leipzig em casa, depois joga 9 minutos em São Petersburgo e 12 minutos em casa contra Lyon.

Caio Lucas fez 30 minutos em São Petersburgo apenas em toda a fase de grupos da Champions.

São estes os minutos dos reforços do Benfica para atacar a Champions de maneira diferente do que fez Rui Vitória há 2 anos e o ano passado.

Agora depois de lerem o que escrevi, façam uma pausa no texto para chorar ou como diz o clássico da canção brasileira "rir, para não chorar".

E depois vem as opções de Lage que eu até acredito na parte táctica, mas não acredito que essas opções não venham "aconselhadas", "resguardadas", "estrategicamente decididas" de cima, como aconselhado Rui Vitória foi a colocar Svilar na Champions, Felix na Champions o ano passado num joguinho, quando quase não jogava na Liga...

Esta obsessão de mostrar na Europa os produtos do Seixal é irritante porque por mais que Lage justifique que precisamos de velocidade no flanco direito e por isso joga Tomas Tavares e Gedson, já poucos acreditam que isso é totalmente verdade. 

Tomas Tavares é o mais jovem jogador a jogar 90 minutos seguidos nos seus primeiros quatro jogos de Champions. Ninguém com 18 anos, jogou 360 minutos na prova milionária e na liga portuguesa tem apenas dois jogos com um total acumulado de 25 minutos.

Gedson Fernandes jogou os últimos dois jogos a titular na Champions e tem um total de 135 minutos na Champions - média de 67 minutos - e na Liga Portuguesa, nos cinco jogos que fez, tem uma média de 42 minutos.  

Florentino também tem que jogar a Champions sempre que tiver apto...

David Tavares tem 23 minutos esta época e são os 23 minutos na Champions... Não fez nem um jogo em nenhuma outra competição.

Jota fez em todos os jogos da Liga Portuguesa - repito todos os jogos - 61 minutos acumulados e jogou um jogo na Champions onde foi titular e esteve em campo 67 minutos.

Sinceramente, alguém acredita que isto são coincidências?

Eu não critico Bruno Lage porque ele decide o que é melhor para o Benfica e eu talvez entrasse com a mesma equipa ontem, apenas com Pizzi a titular porque traz uma experiência que Gedson não traz, mas Lage sabe muito mais de futebol, de estratégia e de conhecimento dos seus jogadores do que eu.

Agora uma coisa eu sei...

Lage pediu um plantel competitivo e curto e teve o oposto.

Neste momento temos Fejsa e Zivcovic que não contam. 

Taarabt - Graças a Deus - começa a não contar também... 

Cervi voltou a contar porque Rafa se lesionou.

Caio Lucas já provou que vai ser o novo Zivcovic ou novo Taarabt e vai agarrar-se aos 16 milhões de euros que vai ganhar em cinco anos e isso será o mais importante para ele.

No final temos Samaris que obviamente fez algo de errado porque não é normal o que se passa com este jogador e Lage, ou entre Lage e o jogador, com a sua intermitência competitiva e com a gestão dos seus minutos. 

Agora alguém me perguntava ontem se com André Almeida no lugar de Tomás, com Pizzi no lugar de Gedson e com Samaris no lugar de Florentino não teríamos a experiência necessária para ganhar en Lyon?

Não sei responder, mas teríamos seguramente outra estaleca internacional que não temos com Tomás, Gedson e Florentino.

Esta semana andou aí a circular um vídeo inglês que perguntava onde iria o Benfica na Champions se tivesse Oblak + Ederson + Nelson Semedo + Cancelo + Ruben Dias + Lindelof + Garay + David Luiz + Grimaldo + Renato Sanches + Witsel + Di Maria + Felix + Bernardo Silva + Jimenez...

Eu conto aqui 15 jogadores e ainda faltam 10 jogadores para compor um plantel.

E o meu exercício é ao contrário...

Se a nossa direcção acredita mesmo que a formação é a estratégia acertada, então vai ter que redefinir totalmente a política de contratações porque não podemos continuar a contratar - e falo só dos jogadores do actual plantel porque nos outros anos foi igual :

- Gabriel que nunca jogou um jogo de Liga Europa ou Champions, antes de chegar ao Benfica

- Odisseyas que nunca jogou um jogo de Liga Europa - jogou qualificações - ou Champions

- Ebuehi que nunca jogou um jogo de Liga Europa ou Champions.

Seferovic que tinha seis jogos na Champions ainda quando jogava na Real Sociedad com cinco derrotas e um empate na época 2013/2014

- Caio Lucas, Chiquinho, Raul de Tomas ou Vinicius que como já disse 1000 vezes nunca fizeram um jogo europeu na Liga Europa ou Champions

A política e a estratégia do Benfica tem sido contratar para ganhar a Liga e chegar à fase milionária mas isso JÁ NÃO CHEGA PARA O NOSSO CLUBE e não é por acaso que Lage ontem falou de mercado. 

Como sempre, o nosso presidente arranjará maneira de queimar Lage em praça publica - "foi ele que escolheu os jogadores", "eu queria contratar mais e ele não quis" como já se leu antes nalguns lados e como a cartilha irá falar nos programas para safar a pele do grande presidente - mas para mim só há um culpado das campanhas miseráveis do Benfica na Champions e ele é Luis Filipe Vieira. 

Apenas e só Luis Filipe Vieira, porque não percebeu que para sermos grandes na Europa do futebol não podemos lá ir gastando 50 milhões de euros e nem um jogador tem um único jogo europeu. 


A equipa treme que nem varas quando joga na Champions porque é uma questão psicológica e de experiência. Ouvem o hino da Champions e a equipa já entra derrotada.

Este ano já acabou a Champions e veremos se ainda vamos discutir algo para  Liga Europa porque se o Zenit ganha ao Lyon e o Benfica perde com o Leipzig, o ultimo jogo será para cumprir calendário e para mostrar mais jovens como Jota ou David Tavares.

Algo dramático tem de mudar neste Benfica Europeu e neste momento não há outra alternativa que não seja mudar de presidente. 


Faltam 11 meses para as eleições e o meu voto será contra Luis Filipe Vieira porque nos deu tudo de bom nos últimos anos - Obrigado caro Presidente por tudo o que nos deu e por tudo o que nos deixou para o futuro - mas não tem a visão para pensar alto na Europa, contrata apenas jogadores sem a mínima experiência europeia e usa a Champions para promover as próximas joias da coroa que quer vender. 

Assim não dá mais.

Mudança de paradigma agora é vender tudo o que não serve para o Benfica europeu, manter as nossas joias da coroa da formação e contratar 4 ou 5 jogadores de 25/26/27 anos com muita  qualidade e experiência europeia, alguma margem para valorização em contratos de 5 anos e talvez alguém nos 28/29 anos que venha para cá acabar a carreira como Aimar, Saviola, Jonas e que nos dê a categoria, experiência e maturidade que nenhuma das ultimas contratações nos dão na Europa.

Sem esta mudança de paradigma, o "Marquês de Pombal" continuará a ser o ponto mais alto dum clube que não é nem nunca foi apenas para consumo interno.

Há que mudar dramaticamente a estratégia para voltarmos a ser grandes na Europa.

Até lá, que se ganhe internamente tudo o que temos e podemos ganhar !

Santa Clara é o próximo adversário e pelos vistos, o jogo mais importante da semana...

Força Benfica

11 comentários:

F.L. disse...

Muito bem. Concordo em absoluto.
Mas quem vai tirar Vieira do poder? Não vejo ninguém em quem confie. Mas há um vice-presidente que eu gostaria que se chegasse à frente, Varandas Fernandes. Seria um grande adversário para Vieira e com hipóteses de ganhar.
Fica a ideia.

Oliveira disse...

Excelente post, disse TUDO

Batfrog disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Batfrog disse...

Concordo com a generalidade do texto.
Apenas duvido que hajam imposições vindas de cima quanto à questão constituição da equipa.
E atenção com os votos contra a situação. Depois aparece na presidência um estafermo populista tipo Trump, Bolsonaro ou Bruno de Carvalho (para não recuarmos 20 anos no tempo e desenterrar o Vale e Azevedo), e ficamos com um problema ainda maior.
Mais vale votar em branco.

Cumprimentos

philippe disse...

Batfrog estas errado, voto em branco=voto em lfv! Estas à espera de quê com um voto em branco, não te pronuncias e achas que isso vai impedir lfv de ser reeleito, estas enganado! hà que escolher uma alternativa e ser exigentes logo no primeiro dia com o novo mandatado para gerir o nosso Glorioso Benfica!

O Benfica Sou Eu disse...

Caro FL e Caro Batfrog

Eu sou muito agradecido a Luis Filipe Vieira e já o considerei o melhor presidente do Benfica. Infelizmente não podemos comparar o seu trabalho com mais nenhum outro porque os outros presidentes tiveram dois mandatos de 3 anos e um presidente apenas teve 8 anos, enquanto Luis Filipe Vieira quer ficar eternamente...

Sendo assim, eu não sei quem será o novo presidente do Benfica e não me importa. Neste momento como sócio com 50 votos eu usarei os meus votos apenas e só no dia da eleição e não será seguramente no actual presidente.

Não tenho nada pessoal contra Luis Filipe Vieira nem faço parte da bancada do ódio contra o nosso presidente. Não voto nele porque acredito na limitação de mandatos e já o escrevi.

E mesmo tirando a limitação de mandatos, não o apoiarei nunca porque já percebi como o Benfica está a ser gerido e com quem objectivos está a ser gerido e não me revejo na obsessão da conquista da Liga, para ir a Champions buscar o dinheiro, e depois não se reforçar com critério de Champions.

Em relação a Varandas Fernandes não o conheço para saber se é ou não um bom candidato mas para mim um bom candidato é aquele que aproveitar a estrutura profissional que cresceu empresarialmente com Luis Filipe Vieira e de um passo em frente em termos de gestão desportiva.

Como tambem disse no texto, quem aproveitar a formação e contratar com critério, qualidade, maturidade e experiencia internacional no futebol profissional terá a sua vida facilitada.

Em relação à constituição da equipa é obvio que Lage é que manda 100% na equipa. O que eu digo no texto é que quando a cupula define os objectivos estrategicos em Agosto, Lage foca no que a direcção assumiu e esta claro que 95% do foco é na Liga.

A Champions depois de se encaixar o dinheiro, serve para dois objectivos:

- Promover os jovens e tentar assegurar a Liga Europa.

E isto que a direcção disse a Lage e Lage vai gerindo como acha melhor, tendo em conta estes objectivos.

Alguem sabe quanto é o prémio de Lage e do plantel por ser campeão ? E quanto é o prémio de Lage e dos jogadores em passar aos oitavos?

Se calhar a direcção dá logo um sinal claro a todos que a prioridade é 95% na Liga e os outros 5% dividem se entre Europa, Taca de Portugal e Taça da Liga...

Agora eu nunca disse que a direcção escala a equipa. O que mostrei no texto é que a directriz de cima é clara e Lage está a colocar em prática o que ele acha que é o melhor tendo em conta que o jogo mais importante da semana é contra o Santa Clara.

Pior será se ficarmos em ultimo do grupo como aliás é bem possível de acontecer já a 27 de Novembro em Leipzig.

Força Benfica

O Benfica Sou Eu disse...

Caro Philippe e Batfrog

Eu nunca votarei em branco e não deixaremos nunca que um Trump, Bolsonaro ou Bruno de Carvalho entre no Benfica.

Lembro que esta ideia que ou será LFV ou será um "populista" é algo extremamente errado.

Há muita gente que tem potencial e que possivelmente se apresentará a eleições e muito possivelmente LFV será re eleito mas nunca com os meus votos.

É apenas isso que eu quis esclarecer e esse conceito de ou LFV ou o populismo é algo que não faz o menor sentido neste momento.

Força Benfica

Batfrog disse...

Tenho apoiado o lfv mas aceito que ao fim destes anos todos seja necessário mudar, mas não a qualquer custo.
Tendo em conta que até agora o único opositor que se chegou à frente é o Rui Gomes da Silva, não me parece que a alternativa seja credível.
Prefiro votar em branco e conceder mais um mandato a lfv do que com o meu voto eleger um demagogo populista como RGS.
Se for para melhorar podem contar comigo, caso contrário prefiro contar com o que já conheço. Com todos os seus defeitos e virtudes.
Já fiz a asneira de ir atrás de promessas megalómanas no passado e cedo me arrependi.
Espero que até às eleições apareça alguém credível como alternativa.
Para maus presidentes bastam-nos os que tivemos no passado.

alegriaencarnada disse...

texto "brilhante" que subescrevo na íntegra

McNuno disse...

Tudo o que sempre achei está escrito neste texto. Venha alguém com mais garra e ambição, sem tirar mérito a LFV que efetuou um excelente serviço nos seus mandatos

José Lérias disse...

O algodão não engana e esta crónica faz jus àquela Publicidade de há anos atrás.Só um reparo,então o Sr Rui Costa não tem culpas no cartório ou só serve para inglês ver e ganhar o dele?