segunda-feira, 7 de novembro de 2011

A guerra com o Porto B

Foi preciso um ser pequenino, insignificante e mal formado ter aberto a boca para me fazer voltar a escrever neste espaço. Um agradecimento ao nosso querido Alan pela quebra da minha letargia "blogista" das ultimas semanas. 

Tem sido um ano complicado de trabalho e por mais que queira escrever sobre uma série de assuntos encarnados falta-me a motivação e o tempo. Sem tempo não há textos e sem textos a minha actividade por aqui fica inexistente. 

Adiante...

Tenho estado fora de Portugal e por isso afastado dos relvados nacionais, mas ontem fui a Braga. Comprei um bilhete de 40€ para um sector teoricamente neutro e acabei ao lado da claque do Benfica - poucos metros à direita - e no meio dum antro de ódio ao Benfica bem no epicentro dos adeptos bracarenses.

Não quero falar muito deste ódio ao Benfica - quando o FCPorto foi, é e será o "mau da fita" - mas tenho saudades quando se dizia que cada vez que o Benfica jogava no velhinho "1º de Maio" era como se jogasse em casa. 

Não com este António Salvador e não neste novo Estádio Axa. Neste novo complexo - arquitectonicamente fantástico e por isso volto lá muitas vezes mesmo que nunca lá tenha ganho - mora uma equipa com todas as manhas mafiosas da escola "made in porto", vivem uns adeptos absolutamente cegos no ódio visceral ao Benfica, vivem jogadores que morrem em campo para ganhar ao Benfica e existem  pequenos clichés de "clube novo rico" que se tornam insuportáveis... 

Os adeptos do Braga que estavam na central junto da claque do Benfica são pessoas cegas, mal educadas e sejamos honestos só podem ter ligações afectivas ao FCPorto porque é impossivel odiar tanto o Benfica sendo genuinamente de Braga...

Estando em Braga vi o Javi Garcia falar com algumas pessoas com a mão na frente da boca. Até o vi no ínicio da segunda parte a falar alguns segundos com o árbitro da partida com a tal mão à frente da boca, mas não me lembro de o ter visto a falar com o Alan em nenhum momento do jogo e não me parece que alguém que jogue futebol e que queira chamar "preto" ou" "cabrão" ou "filho da puta" a um jogador adversário ou numa jogada corrida o faça com a mão à frente da boca.

Antes de falar no senhor Alan - esse portento da educação e de fair play nacional -  tenho que falar um pouco sobre esta questão absolutamente ridicula do racismo no futebol.

Eu ando no meio de várias raças, várias culturas e várias etnias. Sou uma pessoa que conhece bem o mundo e conhece bem o mundo desportivo e as bancadas de vários estádios e de vários desportos aqui e no estrangeiro. No futebol não há racismo e é no desporto que o racismo é menos frequente para não dizer inexistente de todo, quando comparado com outros sectores da nossa sociedade. Basta ver ontem a claque do Benfica para perceber que a convivencia entre várias raças, várias etnias, várias classes sociais e várias idades existe apenas com um objectivo - apoiar o Benfica em todo o lado.

O racismo náo está no futebol pela razão simples que até os racistas amam o seu avançado se ele for preto e bom, como os racistas de cor negra amam o jogador louro que defende penalties impossíveis para a sua equipa do coração. 

Nao existe nenhum tipo de racismo no futebol nem é possivel de existir pela simples razão que todos protegemos "o nosso preto" e todos atacamos o "preto da outra equipa" como protegemos o "branco, amarelo ou  indiano da nossa equipa" e atacamos o "branco, amarelo ou indiano" da equipa adversária não por motivações primariamente racistas, mas obviamente porque queremos o mal do nosso adversário, a sua desconcentração, uma má performance desse jogador.

Cada vez que se ouvem canticos racistas num estádio de futebol e aparecem os puristas a dizerem que o racismo está instalado no futebol eu grito bem alto e com bom som - é mentira....

Nós somos racistas contra a outra equipa. Apenas isso! Nós somos racistas contra o Braga e o Braga é racista contra o Benfica. Ponto final!

Cada vez que alguém grita "oh, oh, oh, oh..." para o Balotelli é exactamente pela mesma razão que o fazem para o Cristiano Ronaldo - para o provocarem utilizando nessas alturas as armas mais baixas que possam existir, próprias de pertença a um grupo.

Com este ponto prévio eu assumo que sendo uma pessoa absolutamente liberal no que toca a raças, religiões, opções sexuais e afins, condeno todo o e qualquer tipo de acção que não preveja igualdade para todas as pessoas. Isso é claro, mas eu nao posso aceitar o que ouvi da boca do Alan hoje na Antena 1.

Eu ouvi toda a entrevista e entendi tudo de inicio. Ele queria dizer mal do Artur que ontem proferiu declarações polémicas e que poderiam (deveriam?) ser evitadas porque carecem de confirmação oficial. 

No site de A Bola está esta pequena noticia :

"A ideia de «impor um ritmo forte» no desafio encontrou, no entanto, contrariedades inesperadas. Ou... nem por isso? «Curiosamente, a luz nunca mais falhou depois de o Lima ter feito o 1-0 na grande penalidade... Havia sempre uma interrupção quando acelerávamos as coisas na primeira parte», atirou o guardião brasileiro, com ares de pouco crente em coincidências.

Se o jogo se prolongou por horas extras devido à falha de iluminação no Estádio AXA, outro contratempo surgiu no regresso dos jogadores aos balneários, após o apito final. Sem água quente disponível, os encarnados ainda aceleraram o passo para tomar banho no hotel, mas acabaram por inverter a marcha quando o problema foi solucionado.
«Pois é... Acontecem coisas do outro mundo quando o Benfica vem jogar a Braga...», levantou suspeitas Artur Moraes.
"

O Alan diz à Antena 1 que o Artur estava a mando da estrutura do Benfica e que estava a arranjar desculpas para a má exibição do Benfica, mas se foi com este objectivo então o Artur já deveria ter encontrado outras desculpas para as péssimas exibições da ultima semana com Olhanense e Basel...
Diz o Alan que o Artur foi ao balneário do Braga e viu que tambem não havia água quente nesse balneário e se assim foi o nosso Artur deveria ter estado caladinho, porque é óbvio que o problema não era o mesmo que às vezes acontece no Dragão - ou acontecia no estádio antigo do FCPorto tambem - quando coisas estranhas aconteciam no balneário do Benfica e apenas no do Benfica.

Em relação à iluminação do estádio é vergonhoso que possa haver uma falha técnica que faça com que  a primeira parte acabe quase as 730pm quando deveria ter terminado ás 645pm...

É uma vergonha para a nossa Liga e uma multa pesada deveria ser aplicada ao Braga ou a qualquer clube onde isto possa acontecer. Ha transmissões televisivas para todo o mundo, há compromissos assumidos e isto representa o pior que a nossa liga e que o nosso país tem para oferecer. 

Infelizmente para o Artur, a verdade é que o problema foi mesmo alheio à estratégia do Braga e a EDP já confirmou isso. Mais uma bela oportunidade para o nosso Artur ter ficado caladinho. 

Agora que acontecem coisas estranhas em Braga, acontecem e isso não é de agora. Uma das coisas estranhas que acontecem é a nossa equipa nao conseguir fazer três passes seguidos e ver os nossos jogadores há anos a esta parte a jogarem mal e com medo dum adversário que invariavelmente acaba sempre por perder depois na Luz - como provam os ultimos resultados de Braga na Luz para campeonato, para Taça de Portugal e para Liga Europa.

Voltando ao Alan tenho que dizer que é vergonhoso o que ele disse porque ele afirmou que Javi Garcia lhe chamou "Preto da Merda", que ofendeu a sua familia e os seus filhos - assim percebi eu - e o Javi Garcia já respondeu ao seu melhor estilo, dizendo:

“Tenho respeito por todos os jogadores, como profissionais e colegas, infelizmente, pelo que acabo de ser informado, respeito alguns em demasia. Sou um jogador leal, incapaz de fazer aquilo que hoje alguém me acusa. Estranho até, com acusações tão graves, que o jogador em causa só se tenha lembrado delas hoje. As declarações que foram produzidas são totalmente falsas e reveladoras do carácter do jogador que as produziu, o mesmo que no ano passado simulou uma agressão dentro de campo. Quem simula dentro de campo é bem capaz de fazer o que ele fez hoje fora dele.”  

O racismo é a pedra "politicamente correcta" dos fracos. Não é de hoje, nem acabará amanhã. Este Alan que é um ultraje como jogador e como homem tem a vacina do FCPorto e não a retirará jamais. Isso dá-lhe o direito moral de odiar o Benfica e utilizar todas as artimanhas para atacar o nosso clube ou qualquer um dos nossos jogadores. Estas frases são graves e ainda por mais quando quer colocar o Javi Garcia contra Luisao e Emerson para quem ele fala directamente e acabando a dizer que o Javi tem que ter cuidado porque "70% da torcida encarnada é negra..."

Tudo coisas ridiculas que revelam o grau de inteligencia deste senhor. Zero!

Ele chamou "menino" ao Javi Garcia mas vale mais um dedinho do menino Javi Garcia que todo o corpinho e cabelinho do Alan como futebolista e como homem.

Estes cães continuam a ladrar e a caravana vai passando. Estamos no primeiro lugar empatados com FCPorto e já fomos a Dragão e Braga. Tive pena que o Rodrigo no ultimo minuto não tenha optado pelo passe para Cardozo ou por um remate mais certeiro, podendo dar a vitória para o Benfica, pois seria um golpe letal que afectaria os humores anti-benfiquistas nas próximas semanas. 

Por falar em próximas semanas estou curioso para ver a atitude do Braga em Alvalade - para Taça de Portugal  - e no Dragão - para o campeonato - nos seus dois próximos jogos para depois conferir se é a mesma que aplicaram contra o meu Benfica ontem. 

Por falar em próximas semanas, apesar de eu estar descontentíssimo com as últimas exibições encarnadas sei que se ganharmos ao Sporting e ao Maritimo nas próximas duas jornadas, poderemos começar a preparar a onda encarnada para a segunda volta porque o título começa a ter dono!

Força Benfica

12 comentários:

Anónimo disse...

olha voltaste mas mais valia nao teres voltado..quem devia estar caladinho eras tu e nao o artur capiche?? publica

O Benfica Sou Eu disse...

oh meu caro anónimo, é obvio que o teu comentário está publicado e é óbvio que se o senhor Artur esteve no balneário do Braga e viu que não havia água quente tambem, deveria era ter estado caladinho.

Talvez se tenha esquecido que estar no Benfica não é o mesmo que estar no Braga e talvez se tenha esquecido que o modus operandi do Braga - desconfianças, acusaçoes gratuitas, chico espertismo, manhosices - não é nem deverá ser a maneira de estar no futebol do Benfica.

Á parte disso, que continue a defender as nossas redes como o tem feito.

Vai aparecendo meu caro anónimo,

Força Benfica

Viriato de Viseu disse...

Excelente poste!!!!

Manuel disse...

A EDP, ao contrário do que dizes, confirmou que não teve nada a ver com as quedas de tensão. Ou estás mal informado ou então não sei... Deixo um texto de alguém que parece saber mais de electricidade do que tu ou eu.


"Se a Liga quiser investigar e punir o Braga, a partir do momento em que se apurem responsabilidades na intencionalidade da falta de energia eléctrica, todos teremos mais um exemplo claro de como a sucursal do jogo sujo lambe a pila do Papa.

Há diferenças no comportamento das lampadas entre um corte de energia "interno" e um simples curto circuito ou quebra de tensão. Além disso os circuitos tem uma espécie de memòria e nao é dificil perceber se "houve um corte" ou se "foi cortado"...
Eu vi lampadas ainda a piscar em dois dos apagoes, e ISTO, é sinal de uma quebra de tensao INDUZIDA!
Sei do que falo pois sou técnico de som e luz num teatro e quase diariamente passam-me pelas maos 25 a 30 kilowatts de potencia.

Qualquer puto de 20 anos com 3 meses de um curso de electricista de manutençao industrial poderá abrir os quadros da estádio de braga e perceber o que se passou em menos de 5 minutos".


Para além disto pode acontecer que - e estou a especular - a falta de água quente tenha sido feita com a intenção de prejudicar o Benfica, mas que o tiro lhes saiu pela culatra quando verificaram que, afinal, era extensiva a todos os balneários.

A minha teoria é que quiseram dar uma lição ao Benfica por ter fechado a luz e aberto a irrigação do estádio (água fria) quando Porto festejou na Luz o campeonato anterior. As coisas não acontecem por acaso e não é difícil de entender a lógica dos macacos. Eles copiam-se uns aos outros. Estas coisas já aconteceram noutras situações com o Benfica no estádio das Antas. Mas APENAS com o Benfica.

O Benfica Sou Eu disse...

Caro Manuel

Muito obrigado pelo comentário.

Eu comecei o meu texto pelo título onde coloco a enfase no que importa - "A Guerra com o Porto B"

Depois eu sei que esta equipa e estas manhas são o "pão nosso de cada dia" em Braga ou no "vizinho do lado".

No entanto posso ter cometido um "pequeno"engano porque li algo online sobre a EDP e não entendi que isto são palavras do comunicado do Braga. O que eu li exactamente foi:

"Os problemas detectados são de origem técnica, tendo sido de imediato e em tempo útil intervencionada a situação por equipas especializadas da EDP e da empresa de manutenção do sistema."

Isto nao prova nada obviamente mas é notório que alguem esta a usar o nome da EDP para justificar algum problema técnico.

O que para mim é importante neste caso é condenar o Braga pela situação de corte de energia sem contemplações.

Nao se pode orgamizar um espectáculo desportivo sem acautelar este tipo de coisas programadas ou não programadas.

É importante condenar o comportamento do Alan e é importante sublinhar que as palavras do Artur deveriam ter sido medidas porque uma coisa é escrever no twitter dele e outra coisa é amplificar essa sua ideia de boicote em todos os media - perfeitamente possivel - sem ter provas de nada.

Eu estava no estádio e nao me apercebi ou sequer pensei que pudesse ser algo premeditado. Alias acho que só o Artur deve ter visto que o Benfica estava a acelerar o ritmo quando as luzes eram cortadas. O que eu vi em Braga ontem do Benfica foi muito pouco em todos os minutos do jogo.

Em relação à caldeira da agua quente eu tenho que dizer que acredito nas pessoas e nem todas as pessoas sao boas nem todas as pessoas sao más.

Se o Artur vai ao balneário do Braga é porque tem confiança e amigos lá. Se ele vê que não há água quente para ninguem deveria ter estado calado e nao dar azo a polémicas. Só isso.

Isto foi o que o comunicado do Braga disse sobre o sucedido:

"O desagradável incidente devido a quebras de energia, e por consequência falha na distribuição de água, durante o período de aquecimento e 1ª parte do jogo, afectou todos os intervenientes, directa ou indirectamente ligados ao espectáculo: SC Braga, SL Benfica, Equipa de Arbitragem, Sócios e adeptos de ambas as equipas."

Eu nao sou electricista e nao sou especialista em caldeiras de agua quente mas mais uma vez não acredito em teorias da conspiração e de uma pessoa acordar de manha e dizer para o colega de trabalho :

"Epá sabes o que era giro? cortarmos a luz tres vezes no jogo contra o Benfica e metermos aquela malta toda com agua fria durante o jogo todo..."

Mas se calhar sou eu que sou mesmo muto naif... Pode ser...

Obrigado pelo post.

Força Benfica

Manuel disse...

Amigo benfiquista, aconselho-te a ir ao blogue pulpuscorruptus. Talvez te ajude a perceber certas coisas e as mentalidades de alguma gentalha deste país. Custa a perceber mas é a realidade.

Talvez sejas ingénuo, eu também já o fui. Para quem está constantemente fora é difícil perceber certas coisas, direi mesmo difícil acreditar que certas mentalidades ainda existam na Europa do século XXI. Eu sei bem do que falo, pois vivi a maior parte da minha vida fora do país, e levou-me algum tempo a perceber, e a acreditar, que algumas coisas fossem possíveis, tal a pobreza de espírito e a indigência de certos comportamentos e atitudes próprias de trogloditas, especialmente a norte. É difícil de perceber mas existem. Estão ao nível da Idade Média.

PS1. Se estiveste no estádio deves ter dado conta dos cânticos racistas que foram entoados sobre o meu e o teu clube. Eles copiam-se uns aos outros. Penso que não foi nem ilusão de óptica nem ilusão auditiva.
PS2. As palavras do Artur têm toda a razão de ser, ele que esteve lá o ano passado, especialmente se não quisermos apagar da memória, e eu não quero, o que aconteceu o ano passado e há dois anos. Há todo um encadeamento de situações que mais não são do que a cópia fiel do que aconteceu noutros lados, com outros protagonistas, mas sempre com a mesma vítima. Isto não são teorias da conspiração, são FACTOS. Não nos façam mais parvos do que somos.

Anónimo disse...

Idiota é voltares para dar como boa moeda, tudo o que seja oriundo da mitra SCB, pondo ao mesmo tempo em causa a honradez de um dos elementos do que afirmas (tenho duvidas!) ser o teu clube. Já para não falar da EDP (é o que dá andares a recolher informação nos comentários da Bolha ou do Rascorde)!

Como o primeiro anónimo refere mais valia estares calado, um pretenso bom post destruído por um qualquer preconceito que aparentas ter contra Arthur. Basta ver como valorizas as palavras do sem espinha alan (24h de atraso), em relação ás do guarda-redes da tua afirmada equipa.

Anónimo II

PS. Um post falhado.

saviolz. disse...

Boas a todos. Criei um blog há relativamente pouco tempo e por isso queria perguntar se estão interessados numa troca de links, se sim, adicionem o nosso blog e depois deixem lá um comentário que de seguida adiciona-vos, obrigado. Se puderem, façam também parte da nossa página do facebook e subscrevam-nos no Youtube.

http://somos-benfiquistas.blogspot.com/

O Benfica Sou Eu disse...

Mau caro Manuel

Eu disse e assumo que posso ser eu que esteja a ser naif e nao veja o que todos querem ver.

No entanto, algumas horas depois e com base em mais comentários que tenho visto de pessoas ligadas ao Benfica é possivel acreditar que afinal tudo o que diz respeito a electricidade e agua quente tenham sido mesmo um acidente tecnico.

Ainda ontem Rui Gomes da Silva na Sic Noticias assumia que tudo lhe pareceu como um acidente.

Em relação ao Artur, não retiro uma palavra sobre o que disse no post.

Gosto muito do Artur como pessoa e como guarda redes, acho que Artur tem conhecimento de coisas que nós nao temos e acho que o Artur conhecendo essas coisas estranhas que se passam quando o Benfica lá vai a Braga, extrapolou essas mesmas coisas estranhas para a electricidade e para a agua quente, mas talvez sem razao neste caso.

Repito que estive em Braga, ouvi os mesmos canticos racistas que todos ouvimos, disse no post o que acho daquele gentalha e sei que sao o Porto B como disse no titulo.

Mas por favor, deixem me que ache que o Artur poderia e deveria ter estado calado. Só isso.

Eu entendo bem as razoes dele, entendo quando ele disse ha varios meses que nao percebe porquê mas quando o Braga joga contra o Benfica a equipa luta mais e corre mais e batalha mais pela vitoria - ele disse isso numa enrevista quando chegou a Lisboa - e ate posso entender que ele tenha utilizado a ironia - coisas estranhas - para falar do que normalmente lá acontece mas eu acho que deveria ter estado calado.

Para o Anónimo digo que os posts falhados ou acertados dependem de quem os lê porque para quem os escreve - eu - sao todos acertadissimos, porque sao a minha opiniao sobre cada tema.

Podes criticar, dizer mal, ofender, chamar me nomes que sempre te responderei cordialmente, mas acusar me subtilmente de teres duvidas de qual é o meu clube, não te admito.

Quando tu tiveres dado ao Benfica metade do tempo, do dinheiro, do amor, da paixao e do acompanhamento ao clube em muitas modalidades dentro e fora de portas podes começar a colocar em causa qualquer coisa.

Ate lá, podes ofender me e deitar abaixo cada uma das minhas ideias mas colocar em causa o meu benfiquismo não o fazes, porque isso é o unico que eu nao admito. Tudo o resto, sao opinioes e valem o que valem.

Mesmo assim, aparece sempre!

Como digo muitas vezes, será mais o que nos une do que nos separa.

Força Benfica

Anónimo disse...

Ai!!! os justiceiros hipocritas...
O pessoal de Braga deixou de ser submisso e pronto, sao uma cambada de malfeitores.E toca a injuriar e caluniar.Portantos, mais uma vez tas a ser hipocrita condenando o Artur, porque no post fazes exatamente o mesmo que ele, caluniar o Braga e os seus adeptos.

Os anjinhos de lisboa tao a ver o seu reino de influencia limitado ao algarve,o ultimo reduto dos mouros.

PS:Quanto ao complexo arquitectonicamente fantástico , nao passa de mais uma vergonha do estado do pais (politico) que os bracarenses vao ter de estar a pagar por muito e muitos anos.

Anónimo disse...

"mas não me lembro de o ter visto a falar com o Alan em nenhum momento do jogo"
http://abola.pt/nnh/ver.aspx?id=298001

Sakana disse...

AS CAMISINHAS LAMPIONAS
http://sakanagem69.blogspot.com