quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

Errar é humano, mas "roubos destes à antiga", só o FC Porto consegue !

Quando alguém mais novo quiser saber o que era o FC Porto dos anos 80 e 90 basta ver um vídeo do jogo de ontem...

Eu já vi muitos roubos do FC Porto ao Benfica. Mas roubos a sério... 

Um roubo não é "erro" porque erros todos os árbitros têm e o Benfica já ganhou jogos com erros a nosso favor.

Um roubo é algo que vem premeditado e planeado desde casa e utilizado no jogo apenas quando se quer influenciar directamente no resultado

Ontem o primeiro golo do FCPorto foi um roubo apenas e só porque o VAR tinha obrigação de avisar o Xistra para ir ver a imagem que prova de maneira óbvia que Gabriel sofreu falta. 

Era obrigação do VAR, fazer com que Xistra fosse ver o lance e depois decidir se validaria o golo ao não... 

Eu até aceitaria que o golo fosse validado - mal validado - mas não posso aceitar validar o golo sem ir ver o lance. Há uma câmara, num ângulo onde se vê claramente que é falta

Aliás, antes do golo do FCPorto, o Sérgio Conceição conseguiu ver um penálti sobre Corona, mas diz que Oliver rouba a bola a Gabriel sem falta. 

Obviamente que o gene do mal está enraizado nesta gente duma forma muito complicada...

Então depois de ter errado de forma feia no primeiro golo do Porto - que deveria ter sido invalidado - o Benfica marca de forma limpa o golo do empate, o VAR resolve ser "certinho" e decide dizer ao Xistra para ir ver "se o Seferovic não toca com a mão na bola porque aqui na cidade do futebol parece mesmo que é mão"...

Xistra vai ver as imagens e obviamente valida o golo...

- "Oh Veríssimo isto é golo limpo, pá..."

- "Oh Xistra aqui parece mão mas aí esses ecrans estão mais perto do lance, tens melhor visão..."

Depois o Benfica empata e aqui o roubo toma proporções épicas... 

Depois do golo do Benfica, o fiscal de linha de Xistra anula o golo marcando o fora de jogo que tinha supostamente existido uns segundos antes. 

O que o "protocolo" diz é que em caso de dúvida se deve deixar seguir o lance e em caso de golo ou bola no poste, poder invalidar o lance subindo a bandeira ou deixar o VAR avaliar se é ou não fora de jogo. 

Se o lance acabar sem golo e se o fiscal de linha estiver convicto que é mesmo fora de jogo, pode marcar no final da jogada esse impedimento.

Pois bem, o Benfica marca golo e o fiscal de linha decide levantar a bandeira uns segundos depois...

Assim mesmo o VAR que foi tão expedito a mandar o Xistra "ver aquela mão de Seferovic que na cidade do futebol era tão clara e que afinal era só peito" não fez nada e deixou que o árbitro anulasse o golo que daria o 2-2...

Resumindo, o Benfica deveria estar a ganhar 2-1 e acabou a perder 2-1...

E por falar em 2-1 a pergunta que fica no ar é :

Então mas o segundo golo do FCPorto é limpo então ?

Não, não sabemos se é limpo porque "aparentemente" Marega empurra Grimaldo mas as repetições que nós vemos na Sport TV não são esclarecedoras e talvez o VAR com as suas 14 câmaras separadas pudesse ajudar o Xistra a decidir... 

Se minutos antes o VAR conseguiu ver uma mão de Seferovic,  como não viu o empurrão de Marega a Grimaldo, e como não aconselhou Xistra a ver as imagens no ecran?

Há duas versões que podem ser possíveis. 

A primeira é que o Veríssimo no VAR viu que o empurrão e a intensidade não seriam razões para falta e deixou seguir o lance.

A segunda opção é que Veríssimo não aconselhou Xistra a ver as imagens porque a ideia do roubo era ser escandaloso o suficiente e assim o FCPorto enviar uma mensagem a todos os adeptos, media, outras equipas, árbitros, observadores, delegados que quem manda aqui "outra vez" somos nós...

Mas a questão que me surpreende é quando é que eles deixaram de mandar

Nunca, mas ontem quiseram dar um claro sinal que agora mandamos nós...

"Nós, os "eternos maus deste futebol" voltámos com tudo e como sempre, fazemo-lo à descarada, na frente de todos e com objectivos muito claros..."

E eles fazem-no com requintes de malvadez como as boas organizações mafiosas o fazem. 

Ontem durante o dia, bastava passar os olhos pelos comentários de blogs e de jornais digitais para a teoria da conspiração estar montada...

 Diziam as más línguas  - atenção que todos os termos que escreverei não são meus e são copiados de comentários da blogosfera da tarde de ontem - que Xistra o árbitro era "dragarto" e "anti Benfica". Penso que se baseiam no seu Historial para esta análise. 

Dizem as más línguas que será assistido por árbitros assistentes (fiscais de linha) de nome Nuno Pereira e Rui Teixeira.

Diziam as más línguas que Rui Costa - "Portista e do Porto" - era o quarto árbitro. 

Diziam as más línguas que Fábio Veríssimo - Anti Benfica - era o VAR assistido por André Campos de quem não se omitiu opinião. 

Dizem as más línguas que Nuno Pedro e Rui Pinheiro - sobrinho de Reinaldo Teles - serão os delegados ao jogo.

Dizem as más línguas que o observador ao jogo é um tal de Isidoro Rodrigues - "Dragarto e Anti Benfica", "cá em Viseu todos sabem o seu passado como apitador dourado"...

Eu como não sou de Viseu, só conheço dessa cidade o nosso João Félix!

Todas as palavras entre aspas que estão nestas ultimas frases foram retiradas dum único comentário dum blog famoso do Benfica, mas foram reproduzidas em vários outros comentários e até foram notícia em jornais digitais como A Bola, especialmente sobre o sobrinho de Reinaldo Teles. 

Eu não conheço nenhum destes árbitros, delegados ou observadores e não faço a menor ideia do que eles são ou deixam de ser. 

As perguntas que eu quero fazer são algumas...

Se nos blogs do FC Porto tivessem pessoas na tarde dum clássico a falar sobre cada um dos árbitros, delegados e observadores nestes termos, se o Benfica tivesse sido escandalosamente beneficiado em quase todos os jogos que fez esta época e se na noite do jogo acontecesse o que aconteceu  ao Benfica  mas contra o FC Porto :

-  golo contra o FC Porto precedido de falta sem que o VAR o fosse ver

- golo contra o FC Porto com um suposto empurrão do avançado do Benfica sem que o VAR fosse ver

- golo limpo do FCPorto que o VAR obrigou o arbitro a ver o lance porque lhe parecia mão do atacante

-  invalidar um golo limpo ao FCPorto por pretenso fora de jogo sem que o VAR obrigasse o árbitro a ver a jogada 

o que :

- aconteceria naquele túnel no intervalo?

- aconteceria no final do jogo ainda no relvado?

- aconteceria no final do jogo na flash interview?

- aconteceria no final do jogo na conferência de imprensa?

- aconteceria no final do jogo com os comentários do presidente do FCPorto?

- aconteceria no final no Twitter do Francisco J Marques?

- aconteceria no final nas bancadas e no exterior do estádio?

- aconteceria hoje nas capas de todos os jornais  ?

- aconteceria ao Benfica no resto da temporada ?

Agradeço que me respondam a essas perguntas na caixa de comentários ou por email....

Dito isto quero dizer que eu tenho uma visão sobre os erros nos jogos diferente da maioria das pessoas.

O Benfica poderia perder o jogo na segunda parte saindo como 2-2 ao intervalo?

Poderia claro. 

Não faço ligas da verdade e sei que o jogo muda como muda a linha do tempo, quando algo se altera...

Se o pretenso penalti sobre Corona fosse marcado, seria outra linha de tempo que aí começaria... 

Era marcado o penálti? Se sim o que alteraria o jogo?

Se o golo de Brahimi fosse anulado por falta sobre Gabriel, o que mudaria no jogo?

Se o golo de Marega fosse anulado por falta sobre Grimaldo, o que mudaria o jogo?

Se o golo de Pizzi fosse validado o que mudaria no jogo?

Nunca ninguém pode responder a estas questões, como também não saberemos nunca o que aconteceria se os nossos avançados tivessem marcado o que falharam.

Todos queríamos ganhar o jogo, mas perdendo-o teremos tempo para  preparar o que resta da época porque os jogos importantes não são contra o Porto na Taça da Liga mas sim contra o Boavista e contra o Sporting em Alvalade para a Liga.

Ontem o nosso presidente falou no final do jogo e apesar de ter falado bem deixou escapar duas coisas importantes... 

Uma delas são os objectivos para esta época. Campeonato e Europa disse Luís Filipe Vieira. 

Se assim é, significa que a Taça de Portugal será o terceiro objectivo da época. 

Depois disse que o Benfica não precisava de reforços porque os reforços estão "dentro de casa"

Caro presidente, analise bem essas frases, veja o calendário que temos pela frente e reavalie as verdadeiras necessidades de reforçar alguns sectores do Benfica

Foco no Boavista !

Força Benfica 







2 comentários:

Nau disse...

A Camorra nacional em ação! Árbitros e vares a aplicarem o portocolo e toda a panóplia de filhos da mãe (assim, para não lhes ofender as mães, só por isso) inimigos do Benfica e adeptos fanáticos do segundo maior clube de Portugal, o CAB (Clube Anti-Benfica). Um nojo!
LFV continua a pôr-se a jeito para os benfiquistas correrem com ele. Não precisamos de reforços? Terá visto, por acaso, os golos falhados de Seferovic? Achará que, com Jonas e Fejsa a lesionarem-se cada vez que levam um toque, não necessitamos de nos reforçar? O que quer LFV? Levar até à insânia a teimosia fundada nas suas «visões»? Dar ainda mais hipótese e continuar a estender a mão ao clube das putas, como fez a época passada ao não reforçara a equipa?
Estamos a ficar fartos, senhor LFV! Dê meios ao Lage, que os merece, pois está a provar que é um grande treinador e um treinador à Benfica.

Anónimo disse...

refira também que o arbitro não marcou o penalty aos 20 mins.

e que o vieira ha 1 ano perguntava indignado porque razao este fábio nao apitava o benfica. e agora acabou de lhe dar cabo da nota em direto e foi encostado indefinidamente. acha que é assim que se protege a classe? assim se passa a ideia que quem não ajuda o benfica vai para a jarra.