quarta-feira, 16 de Abril de 2014

"Ainda vamos festejar este ano" Pinto da Costa, 14 de Abril 2014

1. Foi com esta frase que ontem Pinto da Costa "mostrou ao que vinha" para o resto desta época!

Eu há muitos dias que ando a falar deste "jogo do ano " que hoje se realiza no Estádio da Luz e é mesmo o jogo do ano.

Por mais que se fale da época brilhante do Benfica e da época miserável do FC Porto - eu acrescento que é a terceira época má do FC Porto - a verdade é que se hoje o jogo acabar com o FC Porto apurado para a final da Taça de Portugal em pleno Estádio da Luz, com as celebrações de "força, determinação, vontade" e sei lá mais que adjectivos que eles usam sempre nas vitórias desta equipa do norte, será um duríssimo golpe no Benfica.

Um golpe tão profundo que terá marcas em adeptos, jogadores, equipa técnica e direcção.

Ninguem se pode esquecer que hoje se joga a hegemonia do futebol português e se o Benfica não ganha o jogo, uma mini depressão se apodera do Benfica e uma nova esperança tomará conta do FC Porto.

Por mais que se diga que a Taça de Portugal não conta a verdade é que conta e MUITO.

Eu só quero que todos entendam - e seria bom que Jorge Jesus e jogadores fossem os primeiros a entender isso - que a importancia deste jogo não é apenas "o acesso a uma final" mas muito mais que isso.

Jorge Jesus não se dá bem com o FC Porto e as poucas vezes que lhes ganhou, mostram isso mesmo.

Hoje não basta ganhar mas temos de ganhar por dois golos de diferença.

É muito simples a equação para este jogo.

Temos que ganhar o jogo e ganhar a eliminatória, sob pena de mais uma vez e agora ainda em Abril, começarmos a decidir mal os títulos.

Estamos sem Oblak, sem Luisão e sem Fejsa e com Amorim em duvida - segundo os jornais - e isso significa que estamos mais fracos.

No entanto, alguém os substituirá e desta vez não há nem titulares, nem suplentes.

Amanhã haverá o Benfica que tem que eliminar o FC Porto.

TEMOS DE ELIMINAR O FC PORTO e se não o conseguirmos e pela quarta vez o vou escrever, alguém terá de convencer Jesus que a Taça de Portugal é prioridade.

A Liga Europa com a Juventus não é prioridade porque isso é apenas um título. Sim um título importante, um título Europeu, mas não nos dá a dobradinha nem a hegemonia nacional que tanto necessitamos.

Acredito na vitória porque sempre acredito mas sei das dificuldades que teremos para ganhar esta eliminatória.

Só humildade e muita determinação em cada lance nos podem dar a vitória.

Se pudesse dar uma receita diria para imitarem os juniores, mas sem sofrer golos.

A atitude a raça é aquela com que os juniores  jogaram. Vi todo o jogo e fiquei impressionado com a determinação dos nossos  "meninos" como diz Jesus.

Hoje joga se mais que um jogo, mais que o acesso a uma final e mais que um possível título.

Hoje joga se o futuro imediato do nosso futebol, que desejavelmente terá desde agora um novo actor principal.

Que os nossos jogadores saibam entender a importância deste jogo e no final estaremos felizes.

Se não entenderem essa importância, tudo pode ficar mais negro do que deveria.

Força Benfica








sábado, 12 de Abril de 2014

Maio 2013 - Maio 2014! Diferenças essencias para acreditar numa época totalmente diferente

1. O Benfica neste momento tem algo distinto da época passada.

A 12 de Abril de 2014, estamos a lutar por quatro competições, enquanto o ano passado por esta altura tínhamos já perdido a Taça da Liga nos penaltis em Braga.

Alem disso há outra nota que salta á vista que é a rotatividade imposta por Jorge Jesus e maioritariamente bem sucedido, apesar de termos todos a espinha atravessada da derrota no Dragão para a Taça de Portugal.

Tirando essa derrota, que pode ter colocado em perigo a final desta importantíssima competição nacional o Benfica tem feito resultados e exibições incríveis, mesmo com as famosas rotações.

Alem destes dois importantes factos que nos diferenciam do ano passado, há outro que não deixa de ser importante. 

Se o ano transacto o fantasma da deslocação ao Dragão pairou sobre nossas cabeças todas as semanas, este ano esse jogo não vai contar  para nada. Quanto muito contará para saber se Estoril ficará em terceiro ou se realmente será o FC Porto a ir á terceira eliminatória da Champions. O Benfica tem 7 (que são 8) pontos de vantagem sobre o Sporting e 15 de vantagem sobre o FC Porto.

Como todos sabemos o ano passado tivemos durante várias semanas esse fantasma do jogo do FC Porto na penúltima jornada e os "4 pontinhos" de avanço que a qualquer altura seriam 2 ou apenas 1.

Com essa pressão, o Benfica teve que jogar o campeonato até á ultima jornada e com isso chegar ao Dragão, Amesterdão e Jamor desgastado fisicamente e psicologicamente.

Desta vez, com um título que aparecerá antes da ultima jornada, a equipa deverá estar melhor nas meias finais da Liga Europa e nos jogos decisivos contra o FCPorto para Taça de Portugal e para Taça da Liga.

Isto é uma análise simplista e básica como também é simplista dizer que temos Oblak em vez de Artur, podemos dizer que este ano temos Siqueira em vez de Melgarejo, temos Fejsa e Amorim no lugar de Matic, temos Markovic e Sulejmani  que não existiam o ano passado e tivemos Sílvio a dar descanso a Maxi.

Temos ainda André Gomes, André Almeida, Djuricic e Sulejmani que são importantes nesse "rodar" sem que a equipa perca poder e até Ivan Cavaleiro andou a fazer umas perninhas que neste momento serão importantes para dar "pernas" a outros jogadores!

Onde o Benfica não tem rodado - mas ainda pode fazer se for campeão antes da ultima jornada como desejamos - é no centro da defesa. Luisao e Garay têm dado a solidez defensiva que é fundamental para termos tão poucos golos sofridos, mas sem rotação.

No entanto, Jardel e Steven Vitoria ainda poderão dar descanso aos baluartes da nossa defesa desde que isso seja feito nos jogos de Liga e não de Liga Europa ou Taça de Portugal/Taça da Liga.

E agora com esta análise simplista básica e de escola primária, vamos passar ás conclusões...



2. A primeira conclusão que é uma opinião que pode ser diferente da maioria dos benfiquistas é que para mim, se pudesse escolher, o título deveria ser ganho este fim de semana.

Alguns defendem que ganhar o título em casa seria bom para a receita, seria bom para a Benfica TV, seria bom para o ambiente e seria bom para a equipa pois evitaria festejos indesejáveis neste domingo, especialmente sabendo que temos importantíssimo jogo com o FC Porto na quarta-feira.

A Taça de Portugal é uma prioridade absoluta para mim no inicio de cada época. No entanto por ser uma prioridade absoluta é que eu defendo que o Benfica deveria mesmo ser campeão no domingo.

Porque defendo esta ideia?

Porque se o Benfica fosse campeão amanhã, Jorge Jesus teria de entrar na quarta-feira com todos os melhores jogadores para atacar o Porto e se não formos campeões amanhã - que é o mais provável - acredito que jogaremos novamente com a segunda equipa contra o FC Porto.

Já escrevi e volto a escrever, se não formos campeões no domingo, porque razão Jorge Jesus vai mudar a sua estratégia que apresentou no Porto, e que eu abertamente critiquei?

Se o fizer será porque alguém o lembrou que a Taça de Portugal é mesmo uma prioridade. Uma grande prioridade.

E se esse alguém lhe disse isso, na minha opinião disse-lhe tarde.

segunda conclusão é que apesar de estarmos mais fortes, apesar de estarmos vivos em todas as competições e mais frescos que o ano passado, a prioridade terá de ser eliminar o FC Porto.

Depois de eliminar o FC Porto, a prioridade é então sim a Liga Europa.

Jesus dizia que só pensaria na Liga Europa depois de ser campeão.

Disse o mal por duas razoes. 

Primeiro porque o Benfica pode não ser campeão antes de jogar com Juventus e depois porque a Liga Europa deverá vir em terceiro lugar. 

Agora, por uma questão de calendário e por uma questão de adversário a prioridade terá de ser ganhar o FC Porto. Encher o estádio contra o FC Porto e provar que somos superiores.

Temos que matar o FC Porto e não deixar que nos eliminem novamente em pleno Estádio da Luz para uma das competições mais importantes da época.

É estratégico não perder esta eliminatória. 

Qualquer resultado que não seja a eliminação do FC porto faz com que todas as vantagens que temos ganho nestes ultimos meses, desapareçam numa única noite. 

Depois desta equipa estar a 15 pontos do Benfica, depois de ter sido eliminada por Sevilha com um score de 4-1 (tem sido bonito ver estes anos o FC Porto nas competições europeias) o Benfica tem de ganhar esta eliminatória. 



3. Na Liga Europa, a minha opinião é que é mais difícil ganhar a uma equipa muito boa a duas mãos que a um só jogo. Isso porque um jogo bom ou mau todos podem ter, mas eliminar outra equipa a duas mãos é mais complicado. 

No entanto, desta vez, prefiro encontrar a Juventus nas meias finais, porque jogar com eles na final no seu Estádio, seria algo muito complicado e o Benfica tem de ir á proxima final europeia para ganhar!

Jorge Jesus terá de meter toda a pressão em cima da Juventus até porque do outro lado mais do que confiança há arrogância. Llorente escreveu ontem no seu Facebook que :

"Acabo de saber o resultado do sorteio. Gostaria de jogar em Espanha, mas jogaremos a final contra uma equipa espanhola"

Veremos quem vai jogar com a equipa espanhola no fim da eliminatória, mas se o Benfica conseguir sair do Estádio da Luz com 1-0 no marcador, temos muitas hipóteses de passar . Apenas isso... Ganhar 1-0 á Juventus mas antes temos que ganhar o campeonato e assegurar o acesso à final da Taça de Portugal.

Força Benfica


quinta-feira, 10 de Abril de 2014

"Tenho mais um ano de contrato e ponto final"

1. Foi com esta frase que Jorge Jesus deu o murro na mesa aos que pensavam desestabilizar a nossa equipa nas próximas semanas.

Eu defendi ontem, que deveria ser Luís Filipe Vieira a falar, mas o Benfica decidiu que seria Jorge Jesus e para mim chega. 

Grande afirmação do nosso treinador.

Mais outra boa exibição - melhor o resultado - e carimbo para as meias finais da Liga Europa. Três meias finais em 5 anos e uns quartos de final da Champions. Muito bom.

2. Melhor que ser apurado é ser apurado sem o FC Porto nas meias finais, porque seria um adversário difícil. Assim temos mais foco para lhes ganhar na Taça de Portugal e depois na Taça da Liga.

Na tal guerra que defendi ontem que devemos traçar contra o FC Porto, o Sevilha já fez uma parte e eles virão mais fragilizados para o jogo do dia 16 de Abril,  com esta goleada inesperada e a juntar ao rol de maus resultados que esta equipa tem feito na Europa nos últimos anos. Longe vão os tempos da equipa dominadora que foi. Quarta feira, assim mesmo, com Fernando e Jackson virão obviamente com outra qualidade.

4. Palavras finais para Sílvio neste post pequenino (para variar)

Sílvio é para mim um dos grandes jogadores da época.  Quando se fizer o resumo e os mais e menos da época, Sílvio terá um MAIS gigante. 

Foi suplente, foi lesionado,  foi titular e em cada uma destas missões mostrou que é um "Senhor" como há muito não se vê no Benfica com passaporte português.

Temos Ruben Amorim, temos André Almeida e temos André Gomes já vendido, mas Sílvio não é ainda nosso e não penso sequer na hipótese de o ver sair na próxima época.

Se duvidas existiam, hoje deverá ter sido decidido que Sílvio tem de ficar no Benfica. 

Sílvio é parte do futuro do Benfica pelo que representa em campo, pelo seu valor futebolistico e pelos valores que representa do "bom jogador e português" que Luís Filipe Vieira defende há muito tempo.

As lesões são sempre difíceis de passar, especialmente em ano de mundial onde Sílvio tinha lugar cativo. Esta vai demorar vários meses e daqui um abraço do tamanho do mundo para este enorme jogador.

Foi a péssima noticia do dia e agora a rotatividade terá de ser feita a três - Siqueira, Maxi Pereira e André Almeida. Estamos bem entregues!

Parabéns Benfica. 

Domingo, lá estarei em Aveiro para podermos dar passo decisivo para o título ou para o podermos celebrar já este fim de semana.

Força Benfica

quarta-feira, 9 de Abril de 2014

A guerra contra o FCPorto só agora começa e tem tambem Rui Pedro Soares como adversário !

Parece que matematicamente o FCPorto já sabe que não irá ser campeão este ano.

E isso é algo que se deve assinalar!

Repito para que os mais distraídos não esqueçam :

O FCPorto estando a 15 pontos do SLBenfica e com 4 jogos para disputar está matematicamente fora do título.

A vergonha de estar a 15 pontos do Benfica na Liga ninguém lhes tira, nem a nossa celebração de poder olhar para a classificação e ver esta equipa a 15 pontos do primeiro classificado.

E porque é isto importante nesta altura?

Porque a tal hegemonia que se falava no papel - e que alguns riam - está hoje presente na classificação da Liga Portuguesa.

O Benfica está há dois anos a vencer muitos jogos. Sim, é verdade que nos faltaram os títulos o ano passado, mas o Benfica está há duas épocas consecutivamente a ganhar  e ganhar e ganhar muitos jogos.

O FCPorto está há dois anos a perder, perder, perder...

Perdeu todas as taças da Taça da Liga - uma delas na final contra Braga - como perdeu a Taça de Portugal o ano passado e no ano anterior - foi eliminado por Braga e Académica - perdeu a Champions League o ano passado eliminado aos pés dum Málaga, perdeu o ano anterior essa mesma  Champions League no grupo com Zenit, Shakhtar Donetsk e Apoel, perdendo depois a Liga Europa com um score de 6-1 contra o Manchester City que depois foi eliminado pelo Sporting e perdeu o campeonato este ano, estando a 15 pontos atrás do Benfica a quatro jornadas do fim do campeonato.

Podemos também dizer que esta época o FCPorto fez 5 pontos num grupo de Champions League com Zenit, Áustria Viena e Atlético de Madrid, enquanto o Benfica, apesar de também ser eliminado, fez 10 pontos num grupo também fácil com Olympiakos, Paris Saint Germain e Anderlecht.

Também podemos dizer que o FC Porto pela primeira vez teve um Sporting a fazer lhes frente e como um animal outrora forte, mas agora doente e velho, este FC Porto pode quebrar de vez nos próximos meses ou renascer quando menos se espera.

O que quero sublinhar é que o FC Porto que ganhava constantemente já não existe.

Antes de falar do futuro, quero falar do passado recente e não vou falar de árbitros.

O FC Porto o ano passado recebeu um título de campeão vindo do céu. Eu escrevi aqui várias vezes que esse título veio de céu e é verdade.

O Benfica, mesmo empatando com o Estoril em casa, num jogo em que Carlos Martins é expulso jogando grande parte da segunda parte com 10 jogadores, jogou no estádio do Dragão provando que era a melhor equipa portuguesa naquele momento.

O empate 1-1 era um resultado simpático para a exibição do FCPorto que se resignava ao poder do Benfica, até que aparece o tal golo aos 92 minutos quando todo o país estava prestes a sagrar o Benfica como campeão nacional. 

Mesmo assim, lembro que para carimbar o título, o FC Porto de Vítor Pereira tinha que ir jogar contra o Paços de Ferreira de Paulo Fonseca e se esse fosse um jogo normal, o Porto poderia ter ganho, empatado ou perdido, mas esse não foi um jogo normal, como muitos dos jogos do FC Porto nos últimos 30 anos.

Esse foi um jogo que tinha dois treinadores do FC Porto, em vez de ter um treinador do FC Porto e um do Paços de Ferreira, tinha jogadores do Paços com contratos apalavrados com FC Porto e quando se fala de verdade desportiva e se coloca em questão os jogos com Estoril no Algarve ou jogos com Arouca em Aveiro, quando comparados com esta ultima jornada da Liga passada, estes são apenas fait divers infantis ou de berço para meninos...

E como disse não falar de árbitros, melhor não referir o primeiro golo do FCPorto - num penalti inventado - e da expulsão do jogador do Paços ainda na primeira parte...

Enfim, o FC Porto está doente, como provam 1001 situações no futebol ou extra futebol, como até este processo ridículo a Miguel Sousa Tavares, que bem e/ou mal vem defendendo o indefensável muitas vezes.

O FC Porto está há 2 épocas a mostrar sinais claros de que o seu poderio se resume á Super Taça que eles consideram a Taça mais importante do Mundo quando a Taça da Liga é apenas uma tacinha que nem deveria existir... 

Interessante a sobre valorização da Super Taça que se joga num jogo em Agosto e do lado oposto a desvalorização CONSTANTE duma Taça da Liga que tem 5 jogos (em grupo, em meia final e em final) com equipas da primeira e/ou segunda liga. Não consigo entender como todos os comentadores, adeptos e simpatizantes do FC Porto têm este obsessão negativa com a Taça da Liga, mas depois mesmo sem ganhar nenhuma, vão á final da competição o ano passado de forma ilegal e este ano voltam a jogar a meia final contra o Benfica de forma ilegal.

Inacreditável... Um dia quando se fizer a verdadeira história destes últimos 30 anos, vai ser um exemplo a nível mundial. 

Como dizia, o FC Porto está doente e se tudo correr bem, jogará a pré eliminatória da Champions na próxima época, o que seria a primeira em muitos, muitos anos, mas também não deixa de ser verdade que o Benfica tem uma palavra muito, muito, muito importante no futuro do seu maior adversário dos últimos anos.

Os jogos da Taça de Portugal no dia 16 de Abril, o jogo da Taça da Liga no dia 27 de Abril - presumivelmente - e as eventuais meias finais da Liga Europa ou final dessa competição contra FCPorto serão as derradeiras oportunidades de matar o que resta deste animal doente, velho e acabado - pelo menos neste formato "senil"...

O FC Porto de Pinto da Costa e de sua entourage tem uma única oportunidade de poder sair vivo desta época, que é ganhando ao Benfica as duas taças internas e eventualmente ganhar ao Benfica essa Liga Europa.

Eu tenho vindo a sublinhar esta guerra que vai ter lugar nas próximas semanas, porque são realmente os jogos do ano para o Benfica.

Por mais que me falem da Liga, neste momento o Benfica para perder o campeonato tem de perder 3 jogos em 4 e esperar que o Sporting ganhe esses mesmo 4 jogos que faltam, porque se o Benfica perder 3, ganhando apenas 1 e o Sporting empatar um desses jogos, já o Benfica é campeão.

Posto isto, e sem fantasmas do passado, vamos deixar nos de falinhas mansas e assumir que as hipóteses do Benfica perder esta Liga, são menos de 1%

No entanto as hipóteses de perder a Taça de Portugal são neste momento de 66% - o resultado 1-0 é dos mais difíceis de jogar na segunda mão - o jogo da Taça da Liga contra FC Porto a ser jogado no Dragão tem uma hipótese de 60%-40% favorável ao FCPorto (apenas pelo factor casa) e os jogos da Liga Europa que podem aparecer na meia final ou na final terão um clássico 50%-50% pois tudo estará em aberto e não há nem factor casa, nem desvantagem de 1-0. 

Resumindo tudo isto, o senhor Jorge Jesus tem que focar no essencial agora que é chegar ás três finais que temos para disputar e esperar que o título apareça ou a 13 de Abril, ou a 19 de Abril ou no inicio de Maio.

Apenas isso.

E amanha contra o AZ Alkmaar convencer todos os jogadores que a eliminatória não está ganha. Temos de estar ao melhor nivel amanha mais uma vez para ganhar, pois devemos ter aprendido algo com o jogo contra Tottenham. Tinhamos a eliminatória ganha e em poucos minutos tudo ficou tremido. 

Dizia eu que a guerra contra o FC Porto ainda vai agora começar e esse será o grande aliciante desta recta final de época.

Temos que chegar ás 3 finais e para isso eliminar o FC Porto de duas - seguramente -  ou três.

Só depois devemos pensar em ganhar títulos, porque mais importante que os ganhar, agora é matar o animal doente e depois irmos ao Dragão a 10/11 de Maio, cantar vitória no campo do adversário.

Se Jorge Jesus não encara os próximos encontros com o FC Porto como uma "Guerra", alguém lhe vai ter que mostrar que é exactamente disso que se trata. 

De "Guerra" e essa guerra só pode ser travada pelos nossos jogadores que ele orienta.

Lembrar ainda que estas noticias a dizer que "Jesus quer ganhar tudo e ir embora do Benfica" ou que "Jesus tem um acordo de cavalheiros com Luís Filipe Vieira para sair no final da época" ou que "Jesus está a aprender inglês porque vai embora do Benfica" ou  qualquer outra questão relacionada com isto tem de ter nesta altura uma resposta convincente e definitiva da nossa direcção que na pessoa do nosso presidente na Benfica TV, em comunicado ou de qualquer outra forma tem de refutar qualquer destas ideias e expressar claramente que Jesus será o nosso treinador para o próximo ano.

Luis Filipe Vieira tem de aparecer agora e refutar qualquer destas afirmações, apaziguando o universo encarnado com um claro murro na mesa á desestabilização que já se inicia, afirmando que Jesus será o nosso treinador, aconteça o que acontecer até Maio.

Se será ou não treinador na próxima época não importa, mas o que importa é que esta desestabilização tem de ter uma resposta do Presidente.

Senhor Presidente, é agora que tem de falar e de mostrar que estamos todos unidos, até porque a guerra só agora vai começar.

Mas não é só no campo que a "Guerra" contra FC Porto existe, pois nos bastidores a Guerra na Liga é algo que o Benfica não pode fugir.

Eu tenho muitas divergências com  Rui Gomes da Silva, mas também sei que entre benfiquistas as divergências serão apenas de estilo porque todos queremos o mesmo para o clube, que é o melhor, mas as afirmações dele no "Dia Seguinte" da semana passada são corajosas e determinantes para o que se pode passar no futuro da Liga e do futebol profissional nacional.

Dizia ele que se o Benfica apoiasse Rui Pedro Soares, ele demitia se da direcção do clube.

E com muita razão.

Rui Pedro Soares representa o pior que existe em Portugal. 

Vou repetir...

Rui Pedro Soares representa o pior que existe em Portugal!

Este homem, que se formou em Marketing no IPAM de Lisboa, que foi director de Marketing da Cetelem não porque é uma pessoa inteligente, capaz, trabalhadora, visionária, mas porque é um Boy para um Job.

E nunca a expressão fez tanto sentido.

Ele foi sempre um Boy para um Job e foi o que ele fez depois na PT. Foi mais um Boy para um Job controlado pelo PS, como há outros controlados pelo PSD.

Não quero saber de politica e o que sei é que a politica portuguesa é cheia destes pequenos episódios de Boys para Jobs á esquerda, á direita ou ao centro.

Dentro da PT subiu e subiu acumulando pelouros e milhões de euros, ninguém sabe como. Ninguém sabe como entrou, porque entrou e porque razão subiu. 

Eu vou repetir para ver se nos entendemos.

Uma pessoa que não é nada na vida, não se lhe conhece nada mais que "ser um Jota no sitio certo", uma pessoa que seria um "inútil", um zé ninguém ou que teria que trabalhar muito em vários empregos para ser alguém, viveu e vive á conta de ser um Boy para certos Jobs.

Ele tem 40 anos e não é milionário porque criou ou gerou riqueza num negocio que criou - como outro conhecido Jobs, Steve - ou porque foi academicamente superior, porque passou séries e séries de testes, ou porque provou que é genial nalguma coisa. 

Nada disso!!!.

Não!!!

 Este homem é milionário porque foi administrador da PT, fez negócios com várias áreas, não se lhe reconhece nada mais que fidelidade a quem o meteu nos vários sítios por onde tem passado, sabemos que foi apanhado em escutas verdadeiras como aconteceu com Pinto da Costa que a justiça não considera prova e que é apenas e só um Boy para um qualquer Job.

E agora depois de muitos Jobs que ele fez na vida para terceiros e para interesses de terceiros, eis que chega mais um Job que ele vai ter que fazer...

Ser presidente da Liga de futebol. 

O que é isto??

A sério, alguém me explica como é que este homem chega a presidente da Liga de Futebol?

Alguém me explica como é que este homem é nomeado entre pares para ser presidente de alguma coisa?

Nunca na vida a expressão "Job for the Boys" teve tanto significado mas este Boy vai para a Liga fazer um outro  Job para outras pessoas de cores azuis, e não auguro nada de bom para o Benfica. Nada!

Por isto e por muito mais é que a época para mim só tem sentido se matarmos o animal doente no campo. Aí, é que se tem de ver quem é realmente o melhor e a equipa do FC Porto não é melhor que a do Benfica, mas a nossa também tem de trabalhar muito muito, muito para poder ganhar todos estes desafios.

Primeiro o Az Alkmaar!

Força Benfica





sábado, 29 de Março de 2014

O xadrez do futebol


Jorge Jesus jogou no dragão com o olho em Braga.

Fê-lo consciente das dificuldades que sempre sentimos no estádio AXA e consciente da importância duma vitória aí.

Nós adeptos criticámos e criticámos, mas agora chegou a altura de mostrar que afinal o mestre tinha razão.

Agora, caro Jorge Jesus, um jogo que se mostrava muito complicado tornou se fácil, porque a obrigação de ganhar em Braga e a pressão da vitória passou 100% para o nosso lado. 

Alem dessa pressão baseada numa decisão pessoal de Jesus em poupar os principais jogadores, há  também as noticias mais recentes que dão conta que o Braga vai jogar com uma equipa "nova" pois nove dos seus jogadores estão lesionados ou castigados.

Amanhã, um jogo que era muito difícil, passou a ser um jogo "aparentemente" fácil e fácil porque Jorge Jesus poupou os jogadores a priorizar o jogo em Braga e o Braga vê-se privado de jogar com a sua melhor equipa.

Tudo baseado num xadrez futebolístico que volta a meter a pressão do nosso lado. 

Não acredito nem um pouco nesta teoria de facilitismos.

Toda a pressão da vitória está no nosso lado, mas nós adeptos temos que retirar essa pressão da equipa.

Na terça feira quando Proença foi nomeado toda a nação benfiquista ficou alerta para a dificuldade extrema deste jogo e da sua importância capital.

Jogar o desafio mais complicado da época, com a pressão do Sporting nos árbitros em todos os media - jornais e nas televisões -  num estádio tradicionalmente difícil,  apitado por Pedro Proença e sabendo que uma hipotética derrota nos colocaria apenas quatro pontos na frente do Sporting, seria uma razão muito forte para que soasse o alarme.

E foi esse alarme que soou na cabeça de Jorge Jesus na quarta no Dragão. 

Agora é hora de soar o alarme para união, porque a pressão deu a volta. 

Temos que estar todos com o Benfica e sem pensar no "bluff" bracarense dos nove jogadores que estão fora. Sim estão fora, mas vão entrar 11, verdade?

Agora é só trazer os 3 pontos de Braga pois uma vitória no Estádio AXA nos abre o sucesso na época - ou hipótese dele - até noutras provas. 

O problema é que qualquer resultado que não seja a vitória com este cenário "favorável" traria uma outra crise nada desejável nesta altura.

Isso não vai acontecer. 

O Benfica vai ganhar e dar um passo decisivo para o título, que apenas virá um ano atrasado.

Força Benfica

quinta-feira, 27 de Março de 2014

Mudar a página e focar no que é importante

E o que é importante depois do descalabro de ontem no Dragão - convenhamos que se safou o resultado - é ganhar já em Braga. 

Há quem defenda que o Benfica pode ganhar o título apenas na ultima jornada. Há quem defenda que o tem de ganhar na penúltima jornada em casa antes da deslocação ao Dragão.

Para mim é exactamente igual quando e onde o ganhe, desde que o ganhe. 

No entanto, analisando com calma o campeonato, vemos que se ganharmos os próximos três jogos fazendo 9 pontos, e se por um acaso do destino o Sporting apenas fizesse 7 pontos nos mesmos próximos três jogos, o Benfica seria campeão em Arouca a 13 de Abril.

E porque razão é que será tão importante ser campeão em Arouca?

Não é. Não é de todo. Aliás ser campeão em Arouca seria algo quase desprestigiante, mas a verdade é que se formos campeões em Arouca, Jesus já não tem mais desculpas para jogar com a segunda equipa com o FCPorto.

Porque a verdade é esta...

Se o Benfica chegar a 16 de Abril ainda na luta pela Liga, o mais provável é que Jesus opte por poupar jogadores para o campeonato.

Mais, se o Benfica ainda não for campeão nesse dia 16 de Abril, com que cara é que Jorge Jesus vai colocar os titulares contra o FC Porto sabendo que os deixou no banco, ontem no Dragão?

Porque razão é que a segunda mão é mais importante que a primeira mão?

Há vários anos que eu vou aqui escrevendo e aqui e muitas outras vezes na prioridade que é a Taça de Portugal.

Jesus não aprende. 

Ontem não era um jogo de Liga Europa.  

Eu já escrevi vezes sem conta que a Liga Europa vale zero. Quando comparada com a importância de ganhar uma dobradinha vale zero. Ainda por cima quando temos a Juventus com o campeonato Italiano ganho, a jogar esta mesma Liga Europa, as hipóteses que temos de ganhar são reduzidas.  

Ontem era um jogo na segunda competição mais importante de Portugal. 

Ontem era dia para se mostrar prioridade mesmo que mudando 2 ou 3 jogadores, mas nunca mais que isso.

E a Taça de Portugal é a prioridade porque não podemos deixar o FC Porto ganhar as taças nacionais, quando deveríamos ganhar as duas.

Esta época é muito importante ser campeão e ganhar a Taça de Portugal, é MUITO IMPORTANTE também.

Se por um acaso o Benfica fizesse a dobradinha que nos escapa há mais de duas décadas, significava que em Agosto estaríamos a jogar a Super Taça com Braga ou Rio Ave.

Significava que iniciávamos finalmente essa hegemonia nacional que tantos de nós desejamos e alguns até já apregoam.

Não quero mais falar de passado, mas é muito importante que Jesus vá fazer um resumo dos seus últimos 5 anos e veja porque perdeu Taças, porque perdeu jogos importantes, quando quis poupar.

É bom que entenda porque apenas ganhou dois jogos ao FC Porto em 5 épocas na Liga, é bom que entenda porque foi eliminado pelo FC Porto da Taça de Portugal há 3 anos, é bom que entenda porque foi eliminado por Marítimo há uns anos, porque na final o ano passado perde para Guimarães e porque este ano TUDO tem de ser diferente.

Por isso digo que ganhando a Liga a 13 de Abril, o Benfica jogará com FC Porto com a melhor equipa - e chegará? - jogará a meia final da Liga Europa - se ganhar a AZ Alkmaar - com a melhor equipa e jogará a meia final da Taça da Liga no Dragão com a melhor equipa poupando nos nova humilhação.

É importante que Jesus entenda que ontem a eliminação e essa nova humilhação no resultado não apareceram por milagre, pois ele poderia ter deitado tudo a perder. Tudo!

Por isso digo, repito e desejo que se ganhe ao Braga e se resolva o título o mais depressa possível pois caso contrário, arriscamos a não ganhar nenhuma Taça e ainda nos arriscamos a perder o que parece que não nos escapará!

Estamos todos juntos e com as esperanças intactas em todos os objectivos, mas a verdade é que á medida que se aproxima o final da época, os problemas de sempre começam a aparecer.

Palavras finais para os jogadores do Benfica. Para todos os jogadores do Benfica, desejo força e que acreditem que temos tudo ao nosso alcance ainda.

Viva o Benfica !

Força Benfica


quarta-feira, 26 de Março de 2014

Eu nao percebo nada de futebol, mas oh Jesus...

Eu não percebo nada de futebol, mas oh Jesus explica me lá qual foi a tua ideia hoje?

Explica me lá porque meteste o Artur em vez do Oblak?

O que foi que o menino te fez de mal?

Foi o Pinto da Costa que escolheu o nosso guarda redes já?

Explica lá porque deixaste Markovic, Lima, Enzo Peres, Siqueira, Gaitan no banco?

Eu até entendo que a Liga seja prioridade mas para se fazer a dobradinha que tanto desejamos, temos que eliminar o FC Porto da meia final. Não te esqueças disso.

Acho que a tua bazófia de quereres mostrar que és tão superior que até ganhas com a segunda equipa, não correu bem, verdade?

Aliás, o que correu muito bem foi o resultado, porque se tivéssemos levado os 3 ou 4 que merecíamos ter levado hoje, fechávamos já a porta do Jamor. 

Assim deixamos entre-aberta e eles com a esperança de marcarem o tal golinho na Luz que os levará a esse campo do Jamor que eles tanto detestam.

Sabes Jorge Jesus, uma coisa é confiança e a outra é bazófia. Tu hoje mostraste pela enésima vez que não as consegues distinguir e também não conseguiste distinguir as importâncias das competições.

Quando alguém te diz que o campeonato é prioritário, não significa que se queiram perder os outros todos, sabes?

A Taça de Portugal é mesmo importante e este ano é ainda mais importante por todas as razões do mundo.

Então Jorge Jesus, tu não sabes que o Braga jogou hoje também?

Tu não sabes que o Braga vai chegar também cansado e desgastado ao jogo de domingo?

E não sabes que na quinta feira jogamos com o Az Alkmaar?

Não é a Juventus? Não, esses serão na meia final talvez ou este FC Porto também será uma hipótese, se ganharmos a esse colosso holandês

Porque razão deixaste o Cardozo todos os 90 minutos?

Estavas a testar a sua resistência?

Estavas a queimar definitivamente o homem?

Um dia, serás um treinador a sério, mas como alguém me diz há muito tempo, só o serás provavelmente com um dragão ao peito.

Sabes que a equipa que tu treinas nunca foi eliminada duma competição europeia quando ganhou em casa 1-0?

Sabes porquê?

Porque esse resultado é o mais perigoso para quem joga em casa, especialmente contra uma equipa forte do outro lado e eu até acho que o FC Porto apesar dos 12 pontos de desvantagem é uma equipa forte.

Eu não sei se ficarás chateado com o que te vou dizer mas com a tua arrogância, nada que um simples e modesto adepto do Benfica te disser te pode deixar triste... 

Sabes porque é que nas decisões tu te borras e decides mal?

Porque no fundo no fundo, tu és limitado, arrogante convencido e é mesmo difícil ganhar títulos contigo.

Eu estou longe, muito longe, mas tenho muitos amigos que foram de vários pontos do país ver a minha equipa a jogar (não a tua) e desde o inicio que ficámos tristes com a tua atitude, com a tua estratégia, com a tua maneira pequenina de ver uma árvore em vez de veres a floresta

Eu até entendi que quisesses meter o Amorim, Cardozo e Salvio. Tudo bem.

Dão garantias, mas meteres o Markovic aos 80 minutos?

Deixar Enzo no banco? Cardozo a jogar todo o jogo?

Render Lima por Rodrigo?

Olha meu caro treinador, peço te um único favor... Vê lá se consegues não perder a Liga, ok? 

Infelizmente, meu caro Jorge Jesus tens muito bem encaminhada a derrota na Taça de Portugal, mas tu saberás melhor que eu, tudo o que terás de fazer para irmos novamente ao Jamor.

Se acredito em ti? Não nem um bocadinho, mas acredito no meu Benfica. 

SEMPRE!

Força Benfica